artLisboa - 7 de Janeiro



Conflito de Gerações

"Falando sobre conflitos de gerações, o médico inglês Ronald Gibson começou uma conferência citando quatro frases:

1) "Nossa juventude adora o luxo, é mal-educada, caçoa da autoridade e não tem o menor respeito pelos mais velhos. Nossos filhos hoje são verdadeiros tiranos. Eles não se levantam quando uma pessoa idosa entra, respondem a seus pais e são simplesmente maus."

2) "Não tenho mais nenhuma esperança no futuro do nosso país se a juventude de hoje tomar o poder amanhã, porque essa juventude é insuportável, desenfreada, simplesmente horrível."

3) "Nosso mundo atingiu seu ponto crítico. Os filhos não ouvem mais seus pais. O fim do mundo não pode estar muito longe."

4) "Esta juventude está estragada até o fundo do coração. Os jovens são malfeitores e preguiçosos. Eles jamais serão como a juventude de antigamente. A juventude de hoje não será capaz de manter a nossa cultura."

Após ter lido as quatro citações, ficou muito satisfeito com a aprovação que os espectadores davam às frases. Então, revelou a origem delas:

A primeira é de Sócrates (470- 399 a.C.)
A segunda é de Hesíodo (720 a.C.)
A terceira é de um sacerdote do ano 2000 a.C.
E a quarta estava escrita em um vaso de argila descoberto nas ruínas da Babilónia e tem mais de 4000 anos de existência."

Este texto circula pela Internet, não sabemos a origem nem podemos provar a veracidade das afirmações. Mas uma coisa é verdade, que o conflito de gerações sempre existiu e existirá, e será quanto mais forte quanto as pessoas se mantiverem apegadas a um tempo, a um lugar, a um modo de estar na vida, a ideias, a conceitos, a preconceitos ?
E este "conflito de gerações", tantas vezes se dá intra-geração, isto é, pequenas diferenças de idades e grandes clivagens.
O conflito de gerações tem no reverso da medalha a necessidade que o indivíduo geralmente tem de pertencer a um grupo, de pertencer a algo maior que ele próprio.
Umas vezes esse grupo é identificado não pelo que é mas pelo que não é, pelas coisas com as quais não concorda, isto é, por negação e não por afirmação.
Outras vezes é identificado pelo aspecto e não pelas ideias.
Cabe a cada um de nós não se inserir somente num único grupo, mas fazer ligações transversais entre grupos, pode ser uma forma de negar conflitos que tenham por base as gerações.

E é aqui que aparecem espaços como este, como o Art Lisboa, por exemplo. Com uma vontade imensa de pôr-nos a falar sobre a necessidade da pertença, de pertercermos a alguém ou a alguma coisa para sermos renhecidos no seio do todo. E se conseguirmos falar mais uns com os outros, conseguirmos saber ser e estar então de certeza que aquilo que buscamos se auto-revelará, quem sabe nas artes que aqui se mostram...

Porque acreditamos não existir unica e exclusivamente uma geração perfeita mas um ser perfeito que nos molda e nos ensina a cada dia a conseguirmos lidar com a geração em que estamos inseridos, acreditamos portanto que para tudo há um tempo certo e se for este o nosso tempo de passar uma mensagem na arte de ajudar então que assim seja e que todos nós saibamos o porquê de aqui estarmos e sermos testemunhas disto.

Mafalda Ribeiro

7 comment(s):

Olá,

gostava de saber como podemos participar do Arte Lisboa, por exemplo se quisermos cantar ou fazer qualquer outra coisa como podemos fazer, partindo do principio de que nao tenho uma banda, como faço???
espero que tenham tido um optimo natal e que 2006 tenha muitos mais ART'S

sandra

By Anonymous sandra, at 5:41 da tarde  

Ola Sandra,
Deixa o teu contacto (telemovel e email) no proximo art, e nós contactamos-te.
Obrigado pela força
Ruben

By Anonymous Anónimo, at 8:34 da tarde  

Ok combinado : )

Em relação ao obrigado pela força, eu é que vos agradeço pelo bom trabalho que tem feito, pela forma como mostram que não é por amar-mos a Cristo que somos menos cultos, informados, inteligentes, bons musicos,artistas. Mas pelo contrario alem de termos tudo isso servimos ao Deus Vivo que nos capacitou pela sua graça em Amor e em todas as outras coisas....

um abraço e um 2006 cheio de ART´S

By Anonymous sandra, at 12:30 da tarde  

Qual é o tema deste Art????

By Anonymous Anónimo, at 3:00 da tarde  

Olá,
o tema deste art
será GERAÇÕES.
Muitos beijinhos p ti e até sábado,
Mafalda

By Anonymous Anónimo, at 3:51 da tarde  

Os debates estao cada vez mais acesos!

Este ultimo foi optimo, vamos poder falar de tudo.

Um abraço a todos os colaboradores do art, que fazem este evento ser possivel de 15 em 15 dias!

é um esforço q vale a pena...

By Anonymous ruben, at 4:49 da tarde  

E um grande abraço apertado a ti, Rúben... que és a cada usado para fazeres crescer em nós que o Art é uma forma de não só ajudar os outros como nos ajudarmos a nós mesmos. Continuo a ter fé nEle para a seguir ter em ti e nos sábados à noite de quinze em quinze dias. Afinal, nem o SÁBADO é por acaso;)
Maf.

By Anonymous Anónimo, at 8:47 da tarde  

Post a comment

<< Home