artLisboa - 6 de Maio


Dia 6 de Maio não percam mais um artLisboa com grandes participações e esperamos também com o grande público a que já estamos habituados! Em debate vai estar o tema: 'A noite e os jovens'. Não percam!

126 comment(s):

bem, não conheço os artistas... mas de certeza k devem ser bons...

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 4:05 da tarde  

é com prazer que nos S.D.A. fazemos o bis, representando J.C. ao som do nosso hip hop gospell! Ja sabem Flow e Sentimento...

By Anonymous Mancallas, at 1:33 da manhã  

os inMotion são uma banda de arrasar!
Mt funk e boa disposição à mistura e vão apresentar 3 temas novos pela 1a vez!
:-) (passo a publicidade)

Vasco

By Anonymous Anónimo, at 1:55 da manhã  

fluxux lançam o seu album de estreia - musica electronica com influencias de jazz ambientalista

By Anonymous ruben, at 4:18 da tarde  

Pois é mais um artlx, vamos lá a ver o que de novo nos trazem :)

By Anonymous Anónimo, at 11:40 da tarde  

Alô pessoal,gostaria de comunicar que no proximo sabado ,dia 29 na MUSIC F.(nova loja de instrumentos musicais)em Alfragide,zona industrial,junto há rotunda do JUMBO,vai haver um workshop de bateria e baixo,dado pelos musicos,Alex Frazão e Yuri Daniel,pelas 17h.
É pessoal de grande nivel..
Grande abraço a todos!!!

Bem haja.

Manú Tx

By Anonymous Anónimo, at 9:49 da manhã  

música electrónica com jazz ambientalista??!?!??? Isso agrada-me!!!!!! (para os k me conhecem... não, não toco só metal, lol)Por acaso até gostava de experimentar tocar algo do género (com a minha bateria electrónica deve ser altamente...

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 8:45 da tarde  

Boa Varela, gostei do teu comentário!! Se há algo k me entristece é tar sempre a ouvir montes de pessoal a queixar-se k não há eventos e concertos com bandas cristãs e tal, mas quando os há pura e simplesmente não aparecem e dão mil e uma desculpas para o facto de não irem, ou porque já tinham marcado com a namorada ir com ela ao cinema, ou pk vão para a praia, ou porque estão com um ataque de caspa nas unhas ou simplesmente pk não conhecem a/as banda/as e como não sabem se vão gostar não vão. Não imaginam as desculpas k já ouvi, e olhem k amigos cristãos (das mais diversas igrejas) é coisa que não tenho falta, lol.

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 8:52 da tarde  

Alex Frazão e Yuri?!!? sim sim, algo k vou tentar não falhar... isso sim é k é uma workshop...

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 8:54 da tarde  

pois é...
porque é que os jovens gostam tanto da noite?

By Anonymous ruben, at 1:15 da manhã  

Tal como o Ruben afirmou o AIR deu origem a um record.
36 posts é realmente um record!

No entanto (para que não digam que só se fala de música), eu queria provocar-vos e colocar-vos um desafio:

- Lembro-me que num dos ART?s o Pastor João Pedro se referiu ao facto de haver quem considere que os cristãos não são divertidos?

Claro que houve, na Plateia, quem afirmasse que ?os cristãos eram divertidos??

Bom, mas isto remete-nos para uma questão, pois quem se diverte é porque está feliz ou procura, dessa forma, atingir a felicidade?

Sendo assim, e tendo em conta que os Evangelhos nos dizem que o cristão deve ?assumir a sua cruz? será que os cristãos devem (como qualquer ser humano o faz) procurar a felicidade?

Se, sim, em que sentido?
Se, não, porquê?

Um abraço,

C. Varela

P.S. Não se esqueçam de retirar os pontos de interrogação do meu anterior comentário que o tornam ininteligível.

By Anonymous Anónimo, at 4:01 da tarde  

Pessoal,

Peço-vos imensa desculpa, mas só agora percebi que não posso usar certos caracteres.

O Editor do Blog converte automaticamente as aspas e as reticências em pontos de interrogação, por isso sempre que os uso surge uma interrogação.

E o pior, pior é que eu nem sequer sou um homem com muitas dúvidas. Só me interrogo quando tem mesmo que ser!

Um abraço e espero que o Joel consiga colocar no ar o texto sem os incómodos pontos de interrogação.

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 5:45 da tarde  

O Tema do próximo ART (A noite e os jovens)
vem mesmo a calhar com o desafio que vos propus.

Como uma vez já referi ao Ruben (numa conversa um tanto ou quanto evangélica), se um dia quiserem rotular a minha postura perante a Vida, perante a Sociedade e o Homem, terão de apelidar-me de cristão radical (ou coisa que o valha, mas nunca menos do que isto!) porque não alinho (nem nunca alinhei) com paganismos, nem com superstições.

Tendo em conta a dificuldade que o Cristianismo teve para se estabelecer (oficialmente cerca de 400 anos!), pois só em 380 D.C. é que Teodósio decreta que todos os povos se devem juntar à fé do apóstolo Pedro (depois de Roma entrar em declínio, prosperar a anarquia, irromper a guerra civil, os bárbaros atacarem, os Persas sitiarem e invadirem o Império, e a fome e a peste invadirem as cidades), porque os cristãos não se misturavam com os outros povos (eram até apelidados de misantropos por se recusarem a participar nas Festas Públicas) e viviam fechados sobre si, à margem da vida comum, é difícil entender que 1600 anos depois a juventude cristã viva exactamente os mesmos vícios e tenha os mesmos defeitos que os não cristãos.

Reparem que enquanto que todas as outras religiões (incluindo o judeísmo) eram admitidas por Roma como religio licita (religião legal), o cristianismo nem sequer era reconhecido porque os cristãos viviam literalmente à parte.
Dizia-se, inclusivamente, que os cristãos habitavam na terra, mas eram estrangeiros em todo o lado pois a sua pátria era o Céu!

Claro que, com a paganização da Igreja, este fundamentalismo esbateu-se. E agora, aquilo a que chamamos de cristianismo é, digamos, uma sombra, daquilo que foi o cristianismo dos primeiros 4 séculos de Era Cristã. No entanto, e apesar de tudo, ser cristão implica ser responsável e se um jovem cristão viver a noite como a maioria o faz então qual é a diferença?

Sim, digam-me lá. O que distingue um Cristão de um não-Cristão quando ambos frequentam as Docas ou o Bairro Alto?

Mais uma vez um abraço,

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 7:17 da tarde  

Caros Amigos,

Ultimamente tenho tido mais tempo para navegar neste Blog e tenho verificado que, de vez em quando, surge alguém com imensas dúvidas acerca do Projecto mas que, pelos vistos, se inibe de assistir e participar nos ArtLisboa, sempre com receio de não gostar (ou até de ser enganado!).

Será que esse alguém antes de ir ver um Filme, um Concerto ou uma Peça de Teatro, por exemplo, contacta com o Realizador, com o Produtor, ou com Encenador para decidir se vai ou não ver o Espectáculo?

Ainda por cima, sendo o ArtLisboa de entrada livre nem sequer há o perigo de nos sentirmos burlados! Se não gostarmos o melhor que temos a fazer é sair, pois entrámos gratuitamente e ninguém nos exigiu que ficassemos até ao fim. Mas se um dia quisermos regressar, é-se bem-vindo na mesma!

Entretanto se alguém não souber comportar-se e não respeitar a Casa, o Evento, os Artistas e o Público é naturalmente convidado a sair, tal e qual como aconteceria em qualquer outro evento público com entrada paga.
Portanto não há perigo. Podem vir.

Muito francamente pessoas deste tipo confundem-me pois, quando não há absolutamente nada a perder, e queremos saber como é, o melhor é ir assistir. É que, para isso, nem sequer é preciso ser muito destemido!

Num mundo camufladamente perverso e libertino, em que infelizmente uma enorme percentagem dos seres humanos age egoisticamente e vive os seus vícios privados, embora procurando sempre demonstrar públicas virtudes, e tendo todos nós consciência que esta é uma crua realidade, é estranho que ainda surja alguém que tenha a audácia de parecer tão preocupado em não se macular assistindo a um ArtLisboa.

Meus amigos, para aqueles que são cristãos, para aqueles que não são, e para aqueles que são assim-assim, se querem saber como é, e o que é, o ArtLisboa, façam como eu:
- Vão lá ver, que é grátis, e se gostarem podem voltar, se não gostarem também não é grave porque assistiram a um Espectáculo de borla e ainda levaram bons conselhos para casa.

E podem crer que aquela Equipa se esforça imenso para dar o seu melhor.
Só têm um pequeno defeito, são humanos!

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 7:34 da tarde  

pois é... pk é k nós jovens gostamos tanto da noite?!?!? (sim, ainda tenho 31, quase 32 anos, portanto acho k ainda sou jovem, acho...) Em geral a noite está aliada à diversão, depois da correria de um dia de trabalho, ou de uma semana de trabalho, procuramos a noite pra espairecermos e nos divertirmos um pouco. A grande diferença está em que alguns sabem se divertir e outros não, uns precisam de beber e/ou fumar umas ganzas pra se divertirem e outros não. No meio cristão acho k o pessoal às vezes tem medo de se divertir, principalmente em frente a outros cristãos... mesmo num evento como o Air ficam ali parados com medo de dançar por causa do k alguém poderá pensar, como se fossemos acreditar que nunca entraram num bar ou numa discoteca. Ainda no dia do Air saí do Lanterna Mágica e fui com a minha mulher e com o meu puto (que faz 5 aninhos agora dia 1) a um barzinho meu cliente em Massamá e não foi por causa disso k pequei ou k fiquei contaminado pelo pecado, lol). Já cheguei a ir a festas de anos em casas de amigos meus cristãos e o pessoal ficava todo ali parado e calado a olhar para o tecto como se tivessem medo de se divertirem e por isso estarem a pecar, e depois não admira de estar lá algum amigo não crente a virar-se e dizer "bem, vou indo pois isto tá uma seca", ao k infelismente tive k concordar, depois não admira k digam k os cristãos não são divertidos.
Acho que este tema até dá mais pano para mangas e tenho k dar lugar aos outros visitantes do blog pra darem a sua opinião, senão ainda fico com um rótulo de CHATO na testa, lol.

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 7:43 da tarde  

Pois é Pedro,

Claro que os cristãos, como todo o Ser Humano, têm direito a divertir-se. A questão é como devem fazê-lo.
A questão é que ser cristão é ser responsável, é ser digno do titulo que usa, é ser capaz de assumir a sua condição embora trabalhando sempre para a melhorar.
Ser cristão é não se deixar levar pela onda, é ter uma direcção e segui-la (custe o que custar). É ser capaz de ser mais e melhor à sua própria custa. Á custa do seu talento, do seu esforço e do seu trabalho, sem ter que pisar os outros. Sem se servir dos outros. E, bem pelo contrário, procurar que a sua acção, o seu percurso, no Mundo deixe algo de bom e um rasto de felicidade para os outros.
Ser cristão não é ter vergonha de si ou do seu corpo. Ser cristão é ter a coragem de se assumir como é, enfrentar o Mundo tal como é, e procurar melhorá-lo.

Ser cristão é estar preparado para amar incondicionalmente e para perdoar (por mais que isso possa custar)!
Ser cristão é assumir-se como Filho de Deus, respeitar-se, respeitar o Mundo e os outros.

Mas eu coloquei ainda uma outra questão:
- Devem os cristãos procurar a felicidade?

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 8:33 da tarde  

Grande varela ja tenho saudades de falar contigo e com a luisa (marina). em relação aos teus comentarios sao sem duvida profundos deixando cada um de nós a pensar! realmente ser cristao tem a ver com a tua experiencia pessoal em quanto cristao, com as convicções que tens do proprio cristo na tua vida e quando isto acontece podes estar em qualquer lado, seja nas docas a curtir no Havana ou na conferencia nacional das assembleias de deus . o que realmente interessa é seres luz como Ele ( cristo é Luz do Mundo). e isso da-nos uma consciencia limpa pois somos tranoparentes , somos iguais a nos mesmos seja onde fôr. a Cisto acusaram no de ser bebado, ter gula e andar com gajas da vida. possivelmente muitos de nós deixariamos de ajudar certas pessoas so por causa da aparencio, ou seja do que os outros vao pensar. o que é certo é que cristo de consciencia mt tranquila , nao ligou á opiniao publica reprovadoura e simplesmente agiu como sal e luz de consciencia limpa. ajudando muitos a encontrar a felicidade.

Sem duvida que como sal e luz que somos como verdadeiros cristaos fazemos mais falta nas docas como malta que se diverte marcando a diferença do que noutros lados mais iluminados.

o tema os jovens e a noite leva me a acrescentar se me premitem

o jovens e a noite e o dia e a tarde e a manha ou seja se somos cristao de certezas temos que ser luz em todo o lugar

e esta luz vem do interior , da experiencia pessoal com Cristo e assim pode alumial os que estao á nossa volta

isto nao nos faz melhores do que os outros mas sim servir os outros

amar a Deus acima de tudo e o proximo como a mim mesmo isto é um jovem na noite

digo eu claro
ja agora so a tutulo de brncadeira

quando digo que a luz tem de vir do interior é porque tb se pode ter uma luz tipo lanterna o grave é quando as pilhas falham ficamos as escuras

um abraço a todos e ate sabado


Daniel Ramos

By Anonymous Anónimo, at 1:06 da manhã  

eh
Bem, parece que o nosso debate vai ser aceso!
Eu acho coisas muito simples, sobre as questões que foram aqui colocadas.

Sobre a diversão, no outro dia falava com um cantor sobre o pecado, e ele respondeu me que pecado, para ele, era recusar o prazer. Claro que não concordei. Para mim, prazer é viver a vida com Deus, passo a passo. Isto dá-me um gozo tremendo, vontade de rir, alegria - mesmo quando as coisas correm mal.
Esta vida que levo com Deus naturalmente me faz feliz e por isso me divirto sempre que posso. Não é o facto de ser cristão que me vai impedir de me divertir. não faz sentido, devida até ser um pretexto.
Se procuro a felicidade, pois claro que sim, mas sei que Deus tem o melhor preparado para mim, por isso não me vou preocupar assim tanto. Eh!
Abraços a todos

By Anonymous ruben, at 10:54 da manhã  

Sejas bem aparecido Daniel.

Na realidade eu não percebo nada de Música, mas gosto. Gosto muito de Música, sobretudo de boa Música (ou daquilo que eu considero boa Música). Ora como não percebo nada de Música tenho dificuldade em falar de Música.
Por outro lado a minha formação histórico-filosófica (e sobretudo a minha devoção pelo Reino Divino) permite-me filosofar e falar sobre ética e religião.

Fico feliz (estás a ver como é possível ser feliz por tão pouco) por ver que estamos a falar de coisas importantes e que têm que ser faladas pois, neste Mundo de consumo e de corrida para o Ter, muitas vezes, até o mais fiel cristão se esquece de Ser.

E nunca é demais lembrarmo-nos dos exemplos doutrinários que os Evangelhos nos apresentam:
- Quando Jesus, na sua agonia, pedia ao Pai que afastasse de si aquele cálice, admitia também que se fizesse a Sua Vontade e não a dele!

Ora, para um cristão a questão é sempre esta:

Como conciliar a busca da Felicidade (que qualquer não-cristão, ou qualquer ser vivo procura) com a assunção do FAÇA-SE A TUA VONTADE E NÃO A MINHA!

Porque a procura da Felicidade é um acto natural, animal, de sobrevivência, de profundo egoísmo, que pode levar aquele que a procura a sacrificar a felicidade dos outros para obter a sua, não pode de forma alguma ser propósito de um cristão, que é, por princípio, um altruísta, um benemérito que, tal como Jesus, é capaz de sacrificar a sua felicidade em prole dos outros. Que ao contrário do que é natural e humano, é capaz de AMAR O SEU INIMIGO.

Por isso um cristão, embora passe despercebido no meio da multidão, tem necessariamente uma atitude não-natural, para com o Mundo, para com o Homem e para com a Sociedade.

Um cristão, ao contrário dos não-cristãos, não busca a Felicidade (porque essa ele já a encontrou em Cristo). Um cristão procura ser feliz no cumprimento da sua função, ou da sua Missão, em suma no cumprimento da vontade do Pai (FAÇA-SE A TUA VONTADE E NÃO A MINHA!)

Um abraço,

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 12:23 da tarde  

Claro Ruben, tens toda a razão

O cristianismo pode, e deve, ser vivido de forma simples.
Para se ser cristão não é necessário ser filósofo, nem ser capaz de elaborar grandes discursos (na maior parte das vezes complicados, e ininteligíveis para a maioria das pessoas, e que não levam a lado nenhum) acerca do cristianismo, ou seja lá do que for.
O sucesso do cristianismo baseou-se essencialmente no facto de ser uma religião popular, simples e não elitista. Uma religião para escravos, para pobres, para mendigos, para prostitutas e criminosos mas também para ricos, para reis e imperadores.
O Cristianismo é a religião do BOM SAMARITANO. Daqueles que se ajudam não só entre si mas também ao outro (seja ele quem for), porque todos somos irmãos e Filhos de um mesmo Deus independentemente do credo, da raça ou do idioma. Algo que era impensável na maioria dos Cultos que se professavam há cerca de 2.000 anos.
Ser cristão é essencialmente ter como doutrina de vida o exemplo de Jesus, e o resto é conversa!
De qualquer forma se não nos debruçarmos sobre a doutrina e sobre os seus princípios, facilmente caímos no erro e no vício, ou naquilo que se convencionou chamar de pecado mas que muita gente nem sabe o que é.

Sempre que transgredimos a Vontade de Deus estamos a pecar!
Somos pecadores e transgressores convictos pois raramente agimos de acordo com a Sua Vontade.

Mas qual é a Vontade de Deus?

Quando temos dúvidas o melhor é pedir-LHE ajuda para que nos Ilumine e não permita que a nossa vontade (os nossos desejos, alicerçados na nossa ambição, no nosso prazer, no nosso bem-estar, e na busca da nossa felicidade) se sobreponha á Sua Vontade.

Deus como Pai de toda a Humanidade quer o melhor para todos os Seus Filhos.
Deus não é elitista, por isso protege toda a Humanidade. Só que (independentemente dos rótulos) há uns que cumprem a Sua Vontade e outros não!

Um abraço,
C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 3:40 da tarde  

Olá pessoal!
Quero só deixar dois avisos:

1º Bruno Bastos (Buba): O teu post foi recusado não por não teres direito à diferença mas por partires do pressuposto que nós não a aceitamos. Se quiseres reformular o post e responder ao Varela e fazeres críticas construtivas ele será colocado. Não queremos ser nem bajulados nem criar inimigos. Espero que entendas. Agradecia também que nos desses o teu mail para nos podermos dirigir um ao outro pessoalmente.

2º Aviso: Certos posts continuam a ser rejeitados por conterem publicidade a eventos, sites, etc. sem o consentimento da organização. Quando quiserem fazer algum anúncio mandem primeiramente um mail para nós.

Abraço, Joel Silva.

By Blogger artLisboa, at 7:05 da tarde  

Bem... o debate vai mesmo ser animado, embora ache que no fundo pensamos de igual mas expressamos a nossa opinião de modos diferentes mas k acabam por irem todos dar ao mesmo. Acho k nem vou comentar mais, lol... Daniel, acabaste de dizer exatamente tudo o k eu penso e conseguiste escrever com muito menos linhas do que eu escreveria, eheehhe.

OK Joel, também já vi que um post meu não foi aceite e graças ao teu aviso já sei k foi por causa da publicidade que lá estava, a qual foi escrita sem autorização, ao que peço as minhas humildes desculpas, não foi por mal, tal como não levo a mal não o colocares. Se quiseres editares esse meu post e retirar a pub tás a vontade, na boa.
Abraços a todos

(acreditam k já tou a ficar viciado com este blogg?!?!?!? Sempre k tou em casa vou logo a um dos meus computadores e abro-o logo, lol)

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 9:16 da tarde  

:)
Eu não consigo editar os posts...
O blogger não me dá essa opção..
Às vezes é ingrato não meter certos posts só porque têm publicidade.. Mas é regra... Espero que todos entendam!
Abraço!

By Blogger artLisboa, at 9:39 da tarde  

Amigos,

Acabei de ver o SIT no S. Luiz.
É uma Comédia produzida pelos Tricicle (Companhia Catalã) que está em cena, no S. Luiz, até 30 de Abril.
É um Espectáculo com cerca de hora e meia, composto por vários quadros e pequenos sketchs, e que conta a história da cadeira (na perspectiva dos Tricicle, claro está).
É um bom Espectáculo de Pantomima com alguns momentos muito bons.
Enquanto assistia lembrava-me de como seria interessante se os ARTs pudessem ter momentos daqueles. Momentos de Pantomima cómica intercalados com a actuação das bandas.
Será que entre o pessoal existe alguém (dois, três candidatos, ou mais) que queiram aprender Pantomima com o objectivo de apresentar uns sketchs nos ARTs?

A Lanterna Mágica oferece o espaço para os ensaios, e eu ofereço-me para ensinar Mímica e Pantomima, para dirigir e encenar os sketchs.
Portanto já sabem se houver interesse e voluntários podemos ter sketchs de Mímica e Pantomima nos ARTs.

Um abraço,

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 1:05 da manhã  

boa cena,
obrigado varela
Ruben

By Anonymous Anónimo, at 8:19 da manhã  

Alô..creio que vamos ter um grande art esta semana...bom tema este!!
Mas dando a minha opinião sobre o tema,creio que muitas das pessoas,cristãos ..tem uma opinião da noite desconhecida,pois é natural que as pessoas possam sair no final de um dia de trabalho ou da faculdade,estar entre amigos,um cinema,discoteca..concertos..teatros..bailado...ou mesmo um belo cachorro ás 4 da manhâ numa relote..que bem que sabe!
É claro que há uma maior oferta..mas isso não mexe naquilo que eu acredito,nas minhas convicções..naquilo que sou!
Se quiser procurar algo que não é bom para a minha vida..consigo também de dia,tem haver comigo,não a noite em si.
Há um limite para tudo,até onde podemos ir,cristãos ou não!
A noite oferece-me coisas muito boas,uma delas é o meu sustento,estar com minha familia,boas conversas..bom espetaculo..dormir muito!!
Tal como o dia é maravilhoso acordar,prontos para um dia cheio de coisas..estudar,trabalhar..viajar,uma conversa em dia,um café numa esplanada...
Pessoal na minha opinião nada muda a não ser o teu coração perante Deus...uma coisa é viver..ser cristão..outra coisa é ser RELIGIOSO..cheio de preconceitos...mesquinhos..vestindo capas..com frases feitas...ser cristão é viver em paz consigo próprio,procurando melhorar aos olhos dele,refletindo isso a cada dia,mesmo com defeitos...pois seremos perfeitos!!?!


Manú Tx

By Anonymous Anónimo, at 5:17 da tarde  

bem, é o k eu digo... acabamos por pensar todos de igual modo e às vezes dizemos é a mesma coisa com palavras diferentes, lol. Grande Manu, mais uma vez disseste exatamente o k penso, lol. E tens toda a razão quando dizes que um cachorro às 4 da manhã numa roullote sabe mesmo bem, heheh, lembrei-me logo das noites em que saio dos ensaios da minha banda por volta dessa hora e vamos todos a uma roullote comer uns cachorros, hamburgues, shoarma, bla bla bla, só de pensar nisso fico com fome e o tipo das pizzas só chega aqui a casa daqui a 15 minutos, lol.

Ya Joel, já vi k o blogger não dá a opção pra editar, graças ao "vício" do blog do art resolvi fazer um do meu site (não, não vou fazer publicidade... apesar de até lá estar um link para o art...)

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 8:45 da tarde  

Quando me falam de diversão nocturna e de juventude cristã lembro-me sempre do que, em 1992, o Eng. Roberto Carneiro me contou em relação á recém criada televisão cristã (TVI).
Numa reunião com os directores da ORTF (em França), o director daquele canal comentou com o Eng. Roberto Carneiro:
- Como é que o senhor quer montar em Portugal uma Televisão Cristã se a Televisão é um negócio do diabo?
E como se pode verificar o director da ORTF tinha toda a razão.
A TVI, enquanto canal de inspiração cristã, durou pouco tempo, quase que esteve na falência e, para sobreviver, teve de se converter num canal igual a todos os outros. E se actualmente é um canal de grande audiência é porque é capaz de competir com a RTP e com a SIC em pé de igualdade, sem estar constrangida a valores cristãos!

Do que eu vos falo, desde o 1º comentário, é de valores cristãos, é do que os Evangelhos dizem, é do exemplo de Jesus, não é do que apetece fazer, nem do que dá gozo fazer.

Por isso vos disse que nos primeiros 400 anos de cristianismo (antes da Igreja se ter paganizado para ser aceite por Roma), os cristãos eram uns chatos para o império romano porque não se divertiam como os outros, não se maculavam em rituais pagãos e tinham um rigoroso comportamento alicerçado nos Evangelhos!

Claro que nós arranjamos sempre todas as desculpas para justificar os nossos vícios, e para satisfazer os nossos apetites, e até há quem seja capaz de elaborar grandes discursos doutrinários, muito convincentes, mas que depois seja igualíssimo a qualquer não-cristão.

Há muitos anos atrás, um amigo meu (vegetariano e todo defensor do naturismo) justificava o seu vício de fumar invocando que o tabaco era uma planta natural!!! Pronto, estão a ver? O seu pecado para além de estar absolutamente justificado já nem sequer era pecado. Eu é que estava errado porque ainda não tinha percebido que o tabaco era uma planta!

Ora o cristão devia ser a NATA DA SOCIEDADE e estar preparado para resistir a todo o tipo de tentações. E as tentações não estão só implícitas nos 7 pecados mortais. Esses são os mais graves, que levam á morte da Alma, mas depois existe toda uma panóplia de pecadilhos que não vêm expressos na Bíblia, mas que também matam e não são dignos de um Cristão!

Claro que é bom comer um prego, uma bifana ou uma pita, numa roullote, ás 3 ou 4 da madrugada. Não vejo nenhum mal nisso!
Mas não é isso que está em causa. O que está em causa são valores e comportamentos. São os valores e os comportamentos que se vivem na noite!
Como eu sempre digo aos fumadores: O PIOR NO VÍCIO DE FUMAR, NÃO É O ACTO DE FUMAR (QUE SÓ POR SI É ANTI-SOCIAL), MAS A NECESSIDADE DE FUMAR!

O PIOR NA DIVERSÃO NOCTURNA, NÃO É A DIVERSÃO EM SI (DESDE QUE DENTRO DE CERTOS LIMITES), MAS A NECESSIDADE DESSE TIPO DE DIVERSÃO.

E, para terminar retomo o exemplo da TVI:
Se a Televisão é um negócio do diabo. Não será também a diversão nocturna um negócio do diabo (ou será que é só um negócio dos diabos?).

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 2:09 da tarde  

Um dia li algures: "Todas as coisas nos são licitas mas nem todas nos convém..." tal como ouvi certa musica que de tal assunto falava.
A televisão é do diabo, a noite é do diabo? Não me parece, da maneira que eu vejo as coisas tudo tem potencial tanto para o bem como para o mal.. Não acho que o fumar, a televisão ou a noite sejam à partida coisas más. Acho sim, que devemos ser responsáveis e sábios nas escolhas que fazemos e não tentar fazer de tudo lícito ou ilícito sem saber se convém ou não à nossa alma. Uma vez escrevi: "Sou livre" e é algo que cada vez acredito mais. Não falo de libertinagem mas da verdadeira liberdade e alegria que Jesus deseja que nós agarremos.
Joel.

By Blogger artLisboa, at 3:05 da tarde  

boa ideia,
um dia havemos de fazer uma tV cristã!
o que acham?
artLisboa TV

By Anonymous Ruben, at 8:11 da tarde  

Óptimo Joel,

Acertaste na mouche!

Concordo! Todas as coisas nos são lícitas, mas nem todas nos convêm!
Em relação a esta afirmação estou plenamente de acordo.

Isso é o que se chama de livre arbítrio. Mas atenção, porque é precisamente o mau uso dessa liberdade que nos perde. Só pode existir liberdade se houver responsabilidade e só há responsabilidade se houver razão (saber e discernimento).

O conceito de liberdade tem evoluído com a história. Ser livre há mil anos era diferente de ser livre há 200 anos, actualmente, ou daqui a 500 anos.

Actualmente (no Ocidente) é-se livre de crer, ou não crer, seja no que for. Mas há uns anos atrás era-se perseguido, torturado e até exterminado se não se professasse o mesmo credo.

Temos sorte por estar a conversar no Séc. XXI e aqui no Ocidente, porque, como sabes, ainda não é assim em todo o Mundo!

Eu ainda sou do tempo em que falar destes assuntos, assim abertamente, podia dar origem a rusgas e á prisão.

Não é realmente a televisão, nem a noite que são do diabo. Aliás se nós quisermos, nada é do diabo e tudo é de Deus!

Só que num mercado de consumo em que é necessário vender um produto (que está dependente das audiências) num ambiente de livre concorrência em que já se sabe que vence, não o melhor mas o que vender mais publicidade, é natural que vença o menos bom porque mais apetecível.
É evidente que o director da ORTF quando afirmou que a TV era um negócio do diabo sabia o que estava a dizer e a que se estava a referir!

Quando tu afirmas: - que devemos ser responsáveis e sábios nas escolhas que fazemos e não tentar fazer de tudo lícito ou ilícito sem saber se convém ou não à nossa alma, eu pergunto-te se tens a certeza absoluta de tudo o que convém ou não á tua Alma.
De acordo com os Evangelhos o que convém á nossa Alma é AMAR o próximo e cumprir a Vontade de Deus acima de todas as coisas!
Mas a nossa vida está sujeita a tantos constrangimentos, todos os dias surgem novos objectos e circunstâncias de tentação, temos de fazer tantas opções, que é preciso ser muito sábio para que, em cada momento, saibamos o que é, ou não, bom para a nossa Alma.

Quanto ao tabaco garanto-te que, esse sim é demoníaco, pois a não ser os 200 milhões de Euros, de imposto, que entram anualmente nos cofres do Estado, não tem absolutamente nada de bom para a nossa Alma (bem pelo contrário). Aliás, só o avultado imposto que o Estado arrecada é que justifica ainda não ter sido proibida a venda e o consumo do tabaco.

Porque achei imaginativo e divertido nunca me esquecerei do que o pastor Tadeu, há mais de 20 anos atrás, afirmou numa Assembleia: Se Deus quisesse que nós fumássemos tinha-nos criado com uma chaminé na cabeça!

O meu discurso pode até parecer radical e fundamentalista mas eu apenas o fundamento nos Evangelhos (na doutrina tal como ela é, sem concessão para paganismos).
Alguns cristãos é que, se calhar, estão a ficar menos cristãos e nem se apercebem disso.

Temos que estar sempre atentos (ORAI E VIGIAI) e não podemos apoiar-nos apenas em frases feitas, que são muito úteis porque não nos obrigam a pensar, mas que podem estar completamente desfasadas no tempo e no espaço e já não terem nenhum significado.

Por isso OREMOS E VIGIEMOS

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 8:15 da tarde  

bem, Varela...
surpreendes me muito!
pela positiva claro
isso é quer ser radical!!

Abraços

By Anonymous Ruben, at 9:53 da manhã  

O ART tem-se revelado bastante Radical em termos artísticos e em termos de atitude, e por isso está de parabéns.
É preciso, no entanto, manter a CHAMA viva.
É nesse sentido que tenho dado o meu humilde contributo.
Espero que mexa com as pessoas, é só isso que pretendo.

Um abraço,

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 5:56 da tarde  

Olá a todos. Estou a tentar ir este próximo sábado ao meu primeiro ArtLx. espero que consiga. Tenho dado uma olhada pelos grupos que lá têm passado e a maoiria não conheço e já percebi que tentam apostar na diversidade e "mostrar" a todos o que de bom se vai fazendo pelo meio cristão. Será que posso dar algumas sugestões? Pode parcer um abuso alguém dar sugestões a um programa que nunca foi...mas como procuro ser atento ao que se vai fazendo, pode ser que ajude. Esta manhã assisti pela primeira vez a uma reunião do Centro Cristão da Cidade.Já tinha ouvido falar da banda deles e até tenho dois Cd's.Mas foi a primeira vez que ouvi ao vivo e....fantástico!!!Altos temas, atitude exemplar, grande atmosfera e grandes músicos. Acho que seria uma boa a participação deles num ArtLx. Outro grupo que recentemente ouvi foam os D Groove da ICMAV e têm também um som porreiro que creio se encaixar bem naquilque me parece ser o espirito do ArtLx. Fica a sugestão...e espero ver-vos no sábado
Fernado S.

By Anonymous Anónimo, at 10:16 da tarde  

Estou ansioso por mais um artlisboa, tou a ansioso por ver S.D.A. novamente, a primeira vez foram fantasticos como ouvi dizer! "UMA BANDA DE IR AS LAGRIMAS" foi o comentario do apresentador de servico se o rap tem de ser mudado S.D.A. está na linha da frente dessa mudança continuem a abencoar manos HUG

By Anonymous Anónimo, at 10:48 da tarde  

Obrigado Fernado S
pela ajuda

By Anonymous ruben, at 12:53 da tarde  

Oi people ! Espero que estejam a ter um big feriado. Eu ontem também estive no CCC e realmente o Fernando tem toda a razão...aquela banda é um espetaculo, não só proque tem grandes músicos, do melhor,mas a atmosfera que criam, a atitude com que atuam é contagiante. Já ouviram falar de um "puto" que toca com eles que se chama Bruno Duro ( é o novo teclista do Rui Veloso)? O men toca que se desunha!!!Já pensaram convidar o Carlos Miguel(para mim a maior referencia de musico em termos cristãos), não só por ser um exemplo de profissionalismo,mas porque é um exemplo de cristão para muitos jovens que estão a começar nas lides musicais? Era fixe ele dar tipo uma reflexão sobre a sua profissão e a sua fé e o exelente trabalho que ele tem feito em termos cristãos!É mais uma ideia para juntar ás excelentes ideias que concerteza voçês já têm. Espero ver-vos a todos no Sábado!

André Machado

By Anonymous Anónimo, at 1:09 da tarde  

Ops...que vergonha..enganei-me a escrever o meu próprio nome...Fernando Santos

By Anonymous Anónimo, at 9:59 da tarde  

André Machado...a serio? aquele "puto" do CCC que estava nos teclados toca com o Rui Veloso? Espetáculo,então já são dois cristãos na banda dele ( o "puto" e o Carlos Miguel)se ele nos vê chamar puto ainda se chateia...mas ele é mesmo novo e toca muito. Qualquer dia o Rui Veloso torna-se cristão mais a banda toda...era fixe...Já agora alguem sabe quem era o guitarrista do grupo? Gramei os solos dele. Comunicava bastante e tocava com uma alma que já há muito que não via.Ainda bem pessoal que temos muitos musicos de valor nas nossas igrejas e a compartilhar Jesus sem vergonha...não acham? Vamos a isso
Fernando Santos

By Anonymous Anónimo, at 10:16 da tarde  

Bem, estou a ver que isto no sábado vai ser quente! Quero ver se consigo ir (pelo menos não tenho trabalho nessa noite) porque já vi que o debate promete (para além das bandas, claro).
Estive aqui a ler todos os posts que foram colocados até agora e só me apetece dizer o seguinte: pra já, grande Varela! É isso mesmo. Precisamos de dizer as coisas como elas são, precisamos de ser confrontados com a verdadeira doutrina de Cristo: o Evangelho do arrependimento, da transformação. Precisamos de olhar para trás mais vezes, como alguém um dia me disse: uma igreja sem passado é uma igreja sem futuro. Hoje em dia ninguém quer compromissos, obrigações, ninguém gosta de prestar contas a ninguém. Só que ser cristão é estar comprometido, com Deus e uns com os outros. É olhar para trás no tempo, ver como é que os primeiros cristãos viveram o cristianismo e perceber que ser cristão é ser radical, não se pode dizer que queremos servir a Deus e ao mesmo tempo fazer concessões nos nossos valores e comportamentos... não estou a dizer que sendo cristão não se possa ir para a noite... mas que temos que ser responsáveis, isso temos. E acima de tudo, saber avaliar as nossas prioridades e os nossos objectivos. Muitas vezes, nós que vamos à igreja, principalmente quando cantamos, fartamo-nos de dizer coisas a Deus que depois não cumprimos. É ou não é? Te dou meu coração e tudo o que sou e tal e tal... será? Tudo? Quando na verdade só Lhe damos apenas os restos do nosso tempo, o que sobra depois de termos satisfeito todas as nossas necessidades e procuras de divertimento e tal... enfim, também não vale a pena estar aqui a dizer muita coisa porque no fim das contas, a verdade é que a maior parte de nós passa mais tempo a falar DE Deus do que a falar COM Deus e eu, que até sou profissional de comunicação e agora mais recentemente também de Psicologia, que até passo a vida a falar... cada vez mais me apercebo de que aquilo que eu realmente preciso é de estar mais perto de Deus. Se eu não O seguir de perto como é que eu posso dar aos outros uma coisa que não tenho? Se eu não tiver verdadeira intimidade com Ele como é que posso saber o que Ele tem para mim ou como é que posso ajudar os outros?
Em suma, só me apraz dizer que é bom que todos tenhamos esta liberdade e disponibilidade para falar tão abertamente destas coisas e, principalmente, que possamos reflectir nelas e, talvez, mudar alguma coisa em nós. Eu procuro sempre lembrar a mim mesma, quando as coisas apertam para o meu lado, que ser cristão não é sinónimo de vida fácil - embora hoje em dia se pregue mais o evangelho das facilidades, muito mais agradável aos ouvidos e politicamente correcto, do que o evangelho da cruz, da mudança, do arrependimento. Mas esta sim é a verdadeira Palavra de Deus, muito menos fácil de ouvir porém capaz de fazer aquilo que mais nada nem ninguém consegue: mudar-nos. Esta Palavra vem para nos confrontar, para nos incomodar, para nos constranger a transformar a nossa vida.

Um abraço a todos e espero ver-vos no sábado

Ana Loback

By Anonymous Ana Loback, at 10:37 da tarde  

Oi Fernando Santos. Não sei quem é o novo guitarrista do CCC, sei que também é profissional, mas não sei o seu nome, mas concordo contigo, o men toca com muita alma e paixão, alem de boa técnica, emprega muita paixão. Realmente não conheço muitos guitarristas com as 2 coisas. Alguém neste blog sabe qual o nome do novo guitarrista do CCC? Gramava de o conhecer.
André Machado

By Anonymous Anónimo, at 10:52 da tarde  

Se é quem eu estou a pensar ele é o guitarrista da banda Crush... Quando fui tocar com os Desso lá no CCC foi ele que tocou guitarra... Mas sinceramente já não me lembro dos nomes... Eu sou terrível pra nomes... Abraço!
Joel

By Blogger artLisboa, at 10:59 da tarde  

o melhor guitarrista que anda ai é o Joel Trifasico do ccva!!!!! o santana portugues!!!!!!

D.R.

By Anonymous Anónimo, at 11:19 da tarde  

Gostei muito da intervenção da Ana Lobak, acerca do compromisso e da prestação de contas, pois parece uma coisa caida em esquecimento e até muitas vezes criticada por muitos cristãos "desgarrados" e sem igreja.Por vezes também sou tentado a "fugir" ao compromisso e á prestação de contas e fazer "a minha coisa á minha maneira", mas creio que esse não é o caminho de Deus, mas sim o da submissão e atitude de servo. Estou a falar em primeiro lugar para mim que inflizmente me esqueço disto. Mas é importante se queremos fazer algo de significativo e que dure. Ha tanta gente que começa coisas e depois desaparecem, pois não sabem submeter-se e prestar contas a ninguém. E´bom todos termos uma igreja local,um pastor, um lugar no corpo(mesmo quando achamos que sabemos mais e temos razão). Obrigado Ana..aqui o Fernando estava a percisar de ouvir isso. Se eu quero ver a minha igreja melhor, tenho de ser comprometido e não andar para aí a dizer mal e fugir dos meus próprios problemas...mas estamos todos a melhorar...com a ajuda undos outros.
Fernando S.

By Anonymous Anónimo, at 11:21 da tarde  

Desculpa estar a chatear-te Joel, mas já agora sabes o nome do trombonista do CCC, aquele que toca no Herman SIC? O da trompete sei que é Simon (é o responsável pelo estudio do CCC) mas o do trombone vejo-o na televisão mas não sei o seu nome. Arigato
André Machado

By Anonymous Anónimo, at 11:27 da tarde  

Olá Ana Loback

Gostei do teu comentário e concordo contigo quando afirmas que se passa mais tempo a falar DE Deus do que a falar COM Deus. No entanto, penso que, e apesar de tudo, ainda é preferível que se vá falando de Deus (porque significa que Ele ainda está vivo no coração ou, pelo menos, na mente das pessoas) do que nem sequer se fale Dele.

Embora eu passe a minha vida a conversar com Deus, e só fale Dele de vez em quando, pelos motivos que já enunciei, penso que é bom (e até importante) falar Dele mas, aquilo que eu considero MESMO IMPORTANTE, é a constante tentativa de INTEGRARMOS DEUS NAS NOSSAS VIDAS e, sobretudo, de CUMPRIRMOS A SUA VONTADE!

É raro vermos alguém simplesmente a glorificá-LO, a agradecer-LHE pelo facto de estar vivo, e mais raro ainda a agradecer-LHE pelas dificuldades que a vida lhe impôs.

Na maior parte das vezes as pessoas pedincham a Deus e só se lembram Dele quando a vida não lhes corre bem. E é a isso que muita gente chama de rezar!

Mas quantos de nós conseguimos levar uma vida de integração com Ele, e de constante glorificação, e ainda temos a coragem de aceitar cumprir a Sua Vontade, por mais que isso nos custe?

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 1:45 da manhã  

Não faço a minima ideia como ele se chama..
Abraço!

By Blogger artLisboa, at 8:13 da manhã  

Olá D.R. já ouviste o novo guitarrista do CCC? Se n+ao...ouve e depois diz qlq coisa....
André Machado

By Anonymous Anónimo, at 9:30 da manhã  

Olá a todos!!
Ana e Varela em particular - minhas saudações cristãs - vocês fazem meu coração pulsar, pois é Cristo em vós.
Gostaria de dizer que também tenho passado pela experiência de dia a dia ser confrontado e incomodado pela verdadeira Palavra de nosso Senhor, pois palavras são demasiado fáceis, mas a cruz é que faz a diferença na nossa vida.

Não quero que me vejam como um religioso fanático, mas sou um apaixonado e eternamente agradecido pelo Deus que me salvou da futilidade, escravidão, maldição e penalidade do pecado pelo Seu próprio Sangue - Cristo Jesus!
Nessa experiência ficamos diante dele somente com Sua graça:

Graça é a livre provisão de Deus para nós através de Seu Filho. E a Graça se manifesta à medida que confiamos na pessoa e na obra de Seu Filho ao nos garante tudo o que precisamos, tudo o que desejamos, e tudo o que nos é ordenado para caminhar e nos tornar. E tudo isto é oferecido apesar de sermos inadequados e apesar do facto de nunca virmos a merecer, nunca podermos ganhar, e nunca virmos a produzir o mérito que nos fariam ganhar e merecer estes presentes por nós mesmos.

E quer saiamos à noite, quer fiquemos tricotando em nossas casas, o que interessa é saber que um dia vamos ser julgados pelo que fizemos com o que Ele nos deu. E aí, será que podemos dizer que ficamos em casa e o agradamos ou que quando saímos o honramos?

Sou a favor de um povo de Deus que vai para onde as pessoas estão - se estão à noite em busca de relacionamentos - a igreja deve ir ao encontro deles. Para quê? Divertir?

Sim, divertir-se com o que de mais radical e divertido foi-nos dado - evangelizar. Ir conhecer pessoas e levá-las à cruz deveria ser o único propósito na mente de um crente.

Termino com uma dica de Charles Spurgeon: "Se não tens no teu coração uma fome e peso de compartilhares da tua salvação, uma coisa podes ter por garantida - tu mesmo não foste salvo ainda."
Nuno Pinheiro

By Anonymous Anónimo, at 1:06 da tarde  

Como sempre falas-te bem Ana, é isso mesmo. Ser cristão não quer dizer k não se saia à noite mas sim que temos que ter compromisso, principalmente quando saímos à noite não nos podemos esquecer do compromisso que temos com Deus, o que muita gente se esquece... pra não falar da responsabilidade de manter a cabeça fria, etc etc etc, o que até os não cristãos já começam a fazer...

Epá o Joel Trifásico é mesmo um granda guitarrista, ainda me lembro dele de quando ele quase nem sabia o que era uma guitarra, infelismente à muito que não o vejo.

O tal trombonista do ccc não será o que toca com o Tony Carreira, o Luis Gonçalves??!?!? Como não vejo o herman sic não sei se é ele ou não de que estão a falar... Adoro o Luis, super gente boa, comecei a tocar com ele tinha eu aí uns 16 aninhos, no grupo de louvor da igreja onde eu estava, fogo, só de lembrar... eu era além do puto, e mascote, do grupo era também dos poucos amadores, lol, aprendi muito com ele e com os outros com que tocava na altura.

Por falar em tocar... a minha banda terminou a algum tempo, a Ana Lobak até nos entrevistou no Festival Cave da Igreja, ehehhe, temos estado a ensaiar para um novo projecto mas as coisas tão a ir superdevagar, já faz quase um mês que não temos um único ensaio... no fundo tenho banda e não tenho... se por acaso souberem de alguma banda (cristã ou não, apesar de preferir uma cristã) que esteja a precisar de baterista...

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 2:27 da tarde  

isto do blog esta a bombar
no final do ano editamos um livro
...
eh! uma tv e um livro

Jazz

By Anonymous ruben, at 3:53 da tarde  

Fico feliz por saber que existem tantas pessoas com modos de vida diferentes,idades..profissões..objectivos de vida,mas tem algo de maravilhoso em comum..
É isso que se pertende...haver diálogo,opiniões..partilhas..
grande beijinho Ana,Varela...você está imparável....é isso Varela!!!Manda vir...


Manú Tx

By Anonymous Anónimo, at 5:52 da tarde  

Não não é o do Tony Carreira é o do Herman SIC que toca no CCC com o Simon, eles fazem uma dupla bestial...ele usa o cabelo comprido com um "rabo de cavalo"...eu nem sabia que ele era cristão até que o vi no domingo a tocar no CCC...grande musico

André

By Anonymous Anónimo, at 6:09 da tarde  

Estás entusiasmado Ruben!

Primeiro a ARTLISBOA TV, agora um LIVRO.

Bom, sejamos pragmáticos e realistas. Quanto ao LIVRO parece-me viável, quanto ao Canal de Televisão, a ver vamos!

Há, no entanto, algo (não sei se já pensaste nisso) que também me parece viável:
- A edição de um DVD com O MELHOR DO ARTLISBOA (em que se apresentariam os melhores momentos dos ARTs de cada ano). Para isso é necessário gravar em vídeo todos os ARTs e, no final do ano seleccionar os Melhores Momentos para montar o DVD.
Fica a ideia.
É verdade, não te esqueças da Programação de Junho (que tem de ser entregue impreterivelmente até dia 7 de Maio), e já agora pergunta ao Manu o que é feito dos DVDs do Cirque du Solei que ele prometeu emprestar-me.

Um abraço,

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 6:25 da tarde  

Ruben, essa foi boa!!! Uma tv e um livro! lol

P'ra já, obrigado pelos comentários ao meu comentário, Fernando S, Varela, Nuno Pinheiro e Pedro Gomes. Talvez no sábado possamos continuar esta conversa pessoalmente, porque eu tenho pra mim que apesar de todas as vantagens que as novas tecnologias nos permitem ainda não inventaram nada melhor do que o privilégio de uma boa conversa cara a cara! Mas estas coisas têm muito que se lhe digam, isto dava pano pra mangas.

Acho que o Varela disse uma coisa muito importante ao falar de INTEGRARMOS Deus nas nossas vidas. É que nós temos muito a mania de dividir a nossa vida em compartimentos, muitas vezes estanques, em que o nosso cristianismo fica ali arrumadinho numa prateleira ou fechado num armário que só se abre aos domingos quando vamos à igreja. O resto da semana vamo-nos dividindo pelas restantes actividades que compõem o nosso estilo de vida e vamos adaptando a nossa maneira de ser a cada uma delas, conforme o ambiente e as pessoas que nos rodeiam.

Isto em Psicologia chama-se máscara social. Na minha terra chama-se fachada. Desculpem a crueza de palavras e a sinceridade, mas é assim que eu vejo as coisas: incoerência e falta de transparência.

Ou nós somos autênticos e verdadeiros onde quer que estejamos... ou não somos. Ou sabemos integrar Deus em tudo o que somos, tudo o que fazemos e tudo o que temos, ou então algo não funciona no cristianismo que estamos a viver.

Nós somos um todo, complexo e dinâmico, mas todas as partes se misturam entre si. Eu sou a mesma quando estou na igreja e quando estou no trabalho, na faculdade, no ginásio, seja onde for... se não, algo não está bem. Mas o que muitas vezes acontece é que a malta tem uma postura na igreja e depois, ao sábado à noite no Bairro Alto tem outra completamente diferente. Assim não vamos lá, pessoal. Como eu ouvi alguém dizer este fim-de-semana, é só sermos cristãos sobrenaturalmente naturais e naturalmente sobrenaturais. Nada mais e nada menos do que isso.

Acho mesmo que neste mundo cada vez mais dúbio, em que as coisas tanto podem ser boas como más - dependendo da perspectiva - temos que chamar as coisas pelo nome e reconhecê-las como são. Eu não posso ser duas ou três pessoas ao mesmo tempo.

Ás vezes penso que o maior problema desta geração não é a crise de valores, é a crise de identidade. Quando nós sabemos quem somos, automaticamente sabemos o que devemos ou não fazer. E nós somos ou não somos filhos de Deus? Então bora lá mas é agir como tal.

Beijinhos e desculpem qualquer coisinha.

Ana Loback

By Anonymous Ana Loback, at 7:02 da tarde  

E já agora, ó Pedro, temos que falar no sábado. Não tou a ver quem tu és... no festival cave da igreja entrevistei tanta banda que já nem sei. Qual era a tua banda?

Se calhar assim que eu olhar para a tua cara lembro-me logo de ti... agora os nomes... isto é uma tristeza, esqueço-me sempre dos nomes. Desculpa lá, são tantos, sabes... é a idade!!!

Vá, beijinhos, depois falamos

Ana Loback

By Anonymous Ana Loback, at 7:10 da tarde  

podes crêr Ruben, isto já quase que dá para um livro, eheheheh, acerca da TV na altura cravo o meu irmão pra ajudar,eheheh.

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 8:11 da tarde  

Olá pessoal...foi lapso ou aconteceu alguma coisa com o meu ultimo post a comentar o Nuno Pinheiro? Gramava comentários á minha achega ao que ele disse.Há algum problema?
Fernando Santos

By Anonymous Anónimo, at 6:52 da manhã  

Olá Fernando... Acho q a culpa disso é minha.. Se me puderes mandar o teu mail para artlisboa@gmail.com eu explico-te o que aconteceu. Abraço!
Joel.

By Blogger artLisboa, at 9:46 da manhã  

e um disco?
um livro, uma tv e um disco!
Eh!

By Anonymous Ruben, at 11:07 da manhã  

Alguem me poderia fazer uma analise as bandas que vao participar? alfuem da organizacao de preferencia! abraço
pedro silva

By Anonymous Anónimo, at 11:07 da manhã  

Alguém me explica o que quer dizer alfuem??
Bem.. acerca das bandas (vou ´s fazer um pequeno apanhado porque vários elementos delas costumam participar no blog):

InMotion: Creio que são 5 elementos (baixo, bateria, guitarra, teclas e voz) com um som principalmente funk.

Fluxux: Três elementos (2 teclados e percussão) com um som indefinido (no bom sentido) ou como o Ruben disse com influências de jazz ambientalista.

SDA: Não faço ideia quantos elementos são! Mas com raízes no hip-hop.

Espero que os elementos das bandas complementem o que eu disse...

Abraço!
Joel.

By Blogger artLisboa, at 11:17 da manhã  

conheço bem os musicos que estao a falar:
Luis Gonçalves - Trombone - tocou e toca com o Toni Carreira
Rui - Trombone - toca na orquestra do HermanSic
Simon - Tompete - tambem no HermanSic
Ze - Guitarrista - toca nos Crush
Bruno Duro - Teclas, guit e baixo - toca com o rui veloso (multi instrumentista)
Carlos Mig - baterista do Rui Veloso

Todos estes musicos (excepto o primeiro) fazem parte da igreja de Loures CCC

By Anonymous ruben, at 11:20 da manhã  

peco desculpa era alguem e nao afluem, hummm hip hop cristao? sera de boa qualidade ja tenho ouvido falar de bastante hip hop cristao que afinal de contas é pseudo Cristao! Mas fico na expectativa

By Anonymous Anónimo, at 11:54 da manhã  

Oi nos S.D.A. somos oito elementos, e em relacao ao que fazemos nao nos compete a nos avaliar, Simplesmente sabemos de onde vimos e para onde vamos, fazemos tudo para Cristo e nao nos calamos! Flow e Sentimento um abraço para todos em particular para organizacao por mais esta oportunidade :)

By Anonymous Mancallas, at 12:42 da tarde  

Tenho de mandar um forte abraço a todo este grupo que trabalha neste site. Bom Job!!

Em especial aos meus amados que com muita saudade não os vejo já com tanta frequência, mas que jamais me esquecerei:

Ruben, Joel, Levi, Marcos e respectivas, ahaha.

Este fim de semana também se vai celebrar a champions em verde e branco - digo isto porque todos os sportinguistas vão querer ver... e pelo que parece os lampioes tambem gostam de ver os jogos do SCP. (brincadeira)
Nuno Pinheiro

By Anonymous Anónimo, at 2:45 da tarde  

Foi feito um estudo nos EUA e o hip hop "pseudo" cristão, é considerado neste momento o genero musical com mais e melhor base teológica de todos os segmentos da "musica" cristã...

By Anonymous Anónimo, at 2:49 da tarde  

concordo 100% com o que foi dito pelo senhor anonimo, e sou da opiniao que a cultura hiphop tem de ser mudada tal qual o ser humano de dentro para fora
G.O.D. bless

By Anonymous Mancallas, at 5:50 da tarde  

tenho vindo a acompanhar este blog nos últimos tempos...e uma das coisas que me questiono é, no artLisboa só se pode encotrar a Arte em forma de Música???se sim,se essa escolha é por algum motivo em especial???...se me poderem responder agradecia!

By Anonymous Anónimo, at 8:18 da tarde  

pessoal do hip hop
vamos fazer uma noite reservada para este estilo
...
não percam
...

By Anonymous ruben, at 9:11 da tarde  

Tá bem tá, parece k o blog de mês pra mÊs tá cada vez com mais participação.
Infelismente não sei se conseguirei estar presente no próximo Art, com muitíssima pena minha, vou fazer os possiveis e quase os impossiveis pra ir mas não prometo.

Ana, lógico que tenho noção da carrada de bandas que tiveste k entrevistar no Cave da Igreja e por isso não saberes quem eu sou né, ehhehe. Lembras-te daquela banda que anunciou que aquela era a última apresentação ao vivo que fariam??? Os Theocracy, com uma rapariga a cantar também, que acho que conheces, a Miriam!!! Pois é, sou o animal da bateria que estava a escorrer em suor por todos os poros, lol.

Ruben, essa do dvd se calhar não era má ideia, mas teria que se começar a filmar né... quem sabe eu com calma e jeitinho consigo fazer com que o meu irmão faça a edição e pós produção á borla. Ele é bem caro e tá sempre atolado em trabalhos mas nunca se sabe se não consigo convencê-lo né (nem sei se por acaso voçês não se cruzaram lá nos estúdios da United quando estiveste lá... ele volta e meia faz alguns trabalhos lá mas não me recordo se na altura ele tava lá). Se fosse eu lógico que faria o trabalho à borla mas apesar de brincar um pouquinho com edição de vídeo não sei quase nada enquanto o meu irmão é um granda prozinho...
Olha, já agora se algum dia estiveres com o Luis Gonçalves em algum lado crava-lhe o email dele, ele chegou a dar-me o endereço no Atlântico no Dia do Evangélico mas ou escrevi mal ou... todos os mails vieram pra trás, lol...

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 11:07 da tarde  

Para o anonymous (por favor assinem sempre os posts pessoal!!!):
Não, no artLisboa a art da musica não é a unica que podes encontrar. Aliás, quem esteve no artLisboa_AIR à 15 dias viu que além da música havia também um maquilhadora e uma pintora. Além destas artes muitas outras já foram apresentadas no artLisboa e muitas mais serão. Ás vezes o que se passa é que é-nos mais difícil encontrar outras artes que não a música. Mas já sabem, se tiverem contactos de artistas plásticos, etc, mandem para o nosso mail!

By Blogger artLisboa, at 12:36 da manhã  

Ruben noite de hip hop? cool!
Mas nao faças para ja! o meu chefe ja meteu a minha cabeça nos 10 mais procurados por estar sempre a pedir sabados pa concertos! lol abraço

By Anonymous mancallas, at 12:45 da manhã  

Olá Joel. Não creio que o meu post tenha conteudo que mereça uma espécie de censura. Apenas me limitei a comentar o post do Nuno Pinheiro que achei muito a propósito. Creio que concordei com tudo o que ele, no essencial, disse. Espero que este não seja um espaço só para falr de musica e musicos, mas de coisas mais sérias. Enquanto perguntei sobre quem era este ou aquele....tudo bem....quando questionei sobre a diferença do art para o air...tudo bem....faço um exercicio de opinião sobre um assunto que até nem fui eu que comecei e....corta.!! Não creio Joel que tenha sido nada ofensivo e inconveniente, concordei com o Nuno, dei um contributo(penso eu)para aquilo que pensei ser um espaço de reflexão...mas tudo bem...espero continuar a participar ceste blog livremente e ver-vos no sábado...Na diversidade existe bleza...ainda bem que não somos todos iguais...era uma grande seca.
Fernando Santos

By Anonymous Anónimo, at 8:47 da manhã  

mancalas, depois vou falar com todos, mas será lá pra setembro

Abraços

By Anonymous ruben, at 10:40 da manhã  

Fernando por alguma razão pedi o teu mail para te explicar o sucedido... Também não me parece correcto partires do princípio que censurei se não me dás oportunidade de te explicar o que aconteceu... Mas enfim, se não queres perceber o que se passou não te posso obrigar.
Abraço, Joel.

By Blogger artLisboa, at 10:43 da manhã  

Ola Pedro,
Seria optimo falarmos mais a serio sobre a hipotese da edição de video
Temos um trimestre gravado em video ja, mas precisamos de edição, por isso vem mesmo a calhar.
Em relação ao email que me pediste aqui vai:
luismiguel_goncalves@hotmail.com
Abraços
p.s. - a ver se nos encontramos brevemente

By Anonymous ruben, at 10:55 da manhã  

infelizmente vamos ter de cancelar a actuação de Fluxux devido a compromissos profissionais.
Ficamos à espera de uma nova marcação para um proximo art.

por outro lado, teremos uma excelente actuação com a bandART com apresentação de novos temas.

By Anonymous Ruben, at 4:12 da tarde  

Ficamos honrados com a 2ª presença de algumas das nossas bandas favoritas SDA e Inmotion.

Cumprimentos a todos os musicos e cantores que fazem o artLisboa ser possivel todos os meses.

By Anonymous ruben, at 4:14 da tarde  

Como é que é pedro gomes, fazemos alguma coisa com a tua bateria electrónica?
Envia-nos o teu contacto, que assim é dificil comunicar através do blog
Abraços

By Anonymous ruben, at 4:15 da tarde  

fomos ao bairro alto no domingo ouvir o Marcos a tocar bat nos CASIQ 97.
Fomos mais o Vasco e o Marco dos InMotion. CASIQ está bastante bem. Um dia têm de vir ao art...
O bairro estava alta cena, já não ia la a bastante tempo. força CASIQ!

By Anonymous ruben, at 4:33 da tarde  

Pessoal, estão abertas as inscrições para a Pantomima Cómica.
Se houver um numero consideravel de interessados, começamos com os sketchs ja para o proximo mês.
...parar é morrer...
fui

By Anonymous ruben, at 4:36 da tarde  

Nuno um grande abraço pra ti tb e para o resto da família!
(Estou à espera de vos ver num art!!)

By Blogger artLisboa, at 5:41 da tarde  

bem pessoal...este ART promete! desta vez vou lá estar..aproveitar agora que depois começam as frequências a apertar-me os calos! hehe...
..e pelos comments vais ser muito interessante! muito sumo para dar! ah! e Ruben..voltamos a bater um record em comentários...baril!

beijinhos a todos

By Anonymous Sónia Oliveira, at 6:52 da tarde  

Ruben, obrigadão pelo endereço do Luis Gonçalves.
Acerca da minha bateria... eu nunca curti muito baterias electrónicas mas aquela deu-me a volta, até o vocalista da minha banda k sempre foi totalmente contra baterias electrónicas ficou passado e mudou de ideias. Com esta dá pra fazer de tudo... tem carradas de sons 100% naturais, k para quem ouve numa gravação nem acredita que é uma electrónica,bastantes sons de percussão, de sons electrónicos tb tem bastante, pra não esquecer samples de teclados e tudo, lol. Uma das coisas que nunca gostei neste tipo de baterias era a falta de sensibilidade, o k com esta não acontece. Uma maravilha mesmo.
O meu endereço... tenho um montão de endereços fica aqui o que uso mais, pedro.gomes@megasom.org, k é para messenger tb. (fica aqui o endereço pra todos aqueles que o quiserem tá)
Abraços

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 11:14 da tarde  

Ruben é Cacique'97... :-)
quem quiser conhecer o som deles pode passar por www.myspace.com/cacique97
afrobeat

Quanto aos inMotion são 6 Joel... Faltou um guitarrista na tua contagem... :-)
abraços a todos e até sábado!

By Anonymous Anónimo, at 11:29 da manhã  

esqueci-me de assinar... ups...
Vasco

By Anonymous Anónimo, at 11:31 da manhã  

Então e os Jovens e a noite?

Aqui vai mais uma dica para o debate de Sábado:

- Um Mestre, um Sacerdote, um Padre ou um Pastor dificilmente se maculam ou se deixam tentar pelos vícios do vulgo, mas os fiéis (que são a grande maioria) necessitam de constante acompanhamento e encaminhamento. Se assim não fosse não seriam mais necessários nem Sacerdotes, nem Pastores, nem Templos, nem Igrejas onde os fiéis devem ir regularmente para se manterem no estreito cumprimento da Doutrina e não se desviarem do Caminho.

Assim, se um Pastor ou um Sacerdote forem às Docas ou ao Bairro Alto, pode admitir-se que não irão para divertir-se mas sim para observar, fazer um estudo comportamental ou em busca de ovelhas tresmalhadas.
Mas será que quando nós vamos para as Docas ou para o Bairro Alto também vamos em busca de irmãos tresmalhados?
Ou vamos, pura e simplesmente, abanar o capacete, fumar umas ganzas, beber uns copos e divertirmo-nos à grande como qualquer plebeu?
Ou pior ainda vamos abanar o capacete, fumar umas ganzas, beber uns copos e divertirmo-nos à grande como qualquer plebeu, mas disfarçados de humildes fiéis, com rótulo, para estarmos automaticamente perdoados pelos nossos erros?
Ou vamos só ver os outros divertirem-se? Vamos observar? E fazer um estudo psico-sociológico?
Na realidade (honestamente, sem mentirmos a nós próprios) o que é que nós procuramos na noite?

É que eu não acredito minimamente que, tal como o Daniel afirmou, os cristãos vão para a noite evangelizar!!! Desculpem mas não acredito!

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 3:31 da tarde  

Olá Varela. Acho que tens toda a razão quando dizes que os jovens cristãos não vão para a noite evangelizar. Realmente é pior a desculpa do que o acto em sí. Só o facto de alguém percisar de encontrar uma "desculpa" para o seu comportamento e opções revela no minimo uma intranquilidade muito grande em relação ás sua decisões. Para mim é preferivel dizer:vou para a noite para curtir do que o pseudo espiritual e hipócrita "vou evangelizar"! Vivemos, na minha humilde opinião, uma profunda crise de identidade, e possivelmente nós cristãos estamos no topo, pois somos cristãos mas não queremos assumir a diferença, achamos que é sendoigual que se cria empatia e se alcançam os perdidos. No entanto a nossa grande arma é a diferença. A diferença gera reflexão, duvida, debate e isso é fundamentalpara expor a mensagem do evangelho. Faz-me confusão, muitos programas cristãos quererem ser uma imitação ( a maioria das vezes pior) do que se faz lá fora. Boa música há em muitos lados, boa imagem idem idem, mas mensagem como a de Cristo é que não e essa é que tem de ser evidenciada e central nos nossos programas. Hoje o conceito de cristanismo liberal e desenraizado prolifera porque vende a ilusão de que se pode ser um cristão sem ser diferente, sem ter compromisso, sem ser sujeito, sem ter igreja ou pastor, no fundo oferece a glória sem cruz.Sabemos que isto foi oferecido a Jesus que recusou categoricamente....recusemos nós também. Que Deus me ajude a recusar. É bos haver um espaço de troca de ideias com conteúdo. Obrigado
Fernando Santos

By Anonymous Anónimo, at 7:29 da tarde  

Autor Desconhecido:
"Os primeiros discípulos eram pescadores de homens, ao passo que os discípulos de hoje em dia quase sempre não passam de guardadores de aquário."

By Anonymous Anónimo, at 11:38 da tarde  

Devo ter me explicado mal e desde ja mts Desculpas... Eu nao quis dizer que os cristaos vao para as docas para envangelizar ou se alguns vao nao tenho nada contra ...ou seja ja fui mas com uma acçao especifica de prevençao primaria mas completamente programada. agora quando vou as docas ou para a noite em geral vou para me divertir sem o jugo da obrigaçao da evangelizaçao . mas uma coisa é certa : vou para beber uns copos e nao para me embebedar ...vou curtir mas nao arranjar problemas e isto pelo respeito que tenho para comigo bem como pelo respeito que tenho para com as outras pessoas. o que eu disse no meu outro post e defendo é que seja onde eu estiver devo ter um comportamento e uma atitude que me traga consequencias positivas e nao negativas seja nas docas ou onde for. evangelizar nao é dizer aos outros que cristo pode mudar a vida das pessoas , mas sim mostrar isso com as minhas atitudes e vivencia . Ser cristao nao é dizer que ajudamos os outros ou que temos mt fé!!! ser cristao é estar com as pessoas quando elas precisao , ser cristao é respeitar os outros como respeitamos a nos mesmos...ser cristao é sermos humildes , é termos auto estima, é acreditar , é ter convicçoes , é acreditar que Deus e cristo e o amor nao sao irracionais mas sim acima da razao , ser cristao é amar a Deus acima de tudo e as pessoas como a nós mesmos ... e se onde quer que estejamos tivermos uma atitude na vida como a que descrevi , nao de uma forma forçada mas com uma vivencia natural entao a nossa vida vai dar fruto e bom fruto e se isso é evangelizar ...? entao quando estou nas docas mesmo de uma forma inconsciente estou a evangelizar ..nas docas ou notro lado qualquer...

abraço a todos

gosto de ti varela


Daniel Ramos

By Anonymous Anónimo, at 12:05 da manhã  

Olá.Gostava de comentar o que o Daniel Ramos disse. Ir para a noite curtie e não arranjar problemas, beber e não ficar bebado são decisões sábias que felizmente milhares de pessoas tomam e que não são cristãos...e o que é que isso tem de evangelizador....será que reduzimos a mensagem da cruz a um esforço pessoal para, apesar de sermos iguais aos demais, não nos embebedamos, não arranjamos problemas...por outras palavras:2 somos como todos mas numa versão melhorada". O evangelho não nos melhora, transforma. Vidas ransformadas não são vidas melhoradas. Existem muitas pessoas que, como o Daniel disse, conseguem fazer um esforço e melhorar a sua vida, e para isso não precisaram da intrevenção de Cristo para nada. Por isso quando reduzimos a mensagem do evangelho a umas simples reformas pontoais na nossa vida igual a de todos os outros, as pessoas dizem que não precisam de Cristo para nada. Agora transformar uma vida radicalmente, só Cristo pode fazer...e isso muitas vezes provoca rupturas completas com o estilo de vida anterior...e aí temos de assumir a diferença de uma vida transformada e não de uma vida "apenas" melhorada.
Grande Joel,infelizmente não vou poder ir hoje ao meu primeiro ArtLx (a minha sobrinha faz hoje anos e recebi um convite para o jantar de aniversário ontem...e já sabes com é que é coisas de familia,não se pode dizer que não), estava expectante para ir, no entanto no próximo, que não sei qd é, vo fazer os impossiveis para ir. Tenham uma grande noite.
Fernando Santos

By Anonymous Anónimo, at 9:24 da manhã  

Fernando Santos,
Gostaria de falar contigo pessoalmente sobre alguns assuntos q levantas aqui no blog bem como ajuda para a progamação q ofereceste. Vem falar comigo no artLisboa de dia 6.
Urgente.

Sou o pianista da bandART
Ruben Alves

By Anonymous ruben, at 9:46 da manhã  

acho qua aapologia de cada um tem enriquecido a todos nos pois aprendemos com as experiencias e testemunos pessoais uns dos outros e realmente cristo melhora a vida das pessoas dando-lhes uma confiança no hoje o uma certesa no amanha. agora fernando compreendo prefeitamento a tua afirmaçao que cristo nos transforma sem duvida alguma mas isso é um aspecto salvifico e consequente do que cristo fez or nós. o que acho que estamos a falar é de vivencia mas dentro do contexto teologico de salvaçao claro que cristo nos transforma e concordo contigo.

no fundo concordamos todos uns co os outros pois a noite como o dia , as docas ou a expo sao tudo locais onde vamos todos os dias passear ,curtir, ter reunioes seja o que for... mas como dizia o nosso amigo paulo devemos deixar sempre o bom cheiro de cristo...e isto é fruto da melhoria e transformaçao.

um Abraço a todos com todas diferenças de pensamento que possamos ter uma coisa é certa: é que temos mais coisas a unir-nos do que a separar-nos e é nisso que nos temos que agarrar.

desde ja desculpas por alum termo mais teologico ou em evangeliquês

uma boa continuaçao equipa.

Daniel Ramos

By Anonymous Anónimo, at 3:14 da tarde  

"Jugo de evangelizar"... "ser cristão é..."

Bem, espero que o esforço dos reformadores da igreja não fique aquém de Portugal!!

Eu sugiro a todos os que me buscam para saber se em Cabo Verde têm beleza natural, a Madeira ou os Açores - apesar de ser "nha terra".

Assim, também aconselho a todos os que queiram "paz, disciplina, auto-controlo, felicidade, amor cor-de rosa, emagrecer, elasticidade, capacidade intelectual, etc" que se inscrevam nas artes marciais. A todos os que querem ser "bonzinhos" podem se inscrever na igreja católica ou nos testemunhas de jeová. Para aqueles que querem aventura - mountain bike, surf, skate e alpinismo é fixe.Todos os que têm problemas com bebida - os AA. Aos que gramam drogas aconcelho a Jamaica ou o casal ventoso (versão mais hard).

Ser de Jesus Cristo não tem nada a ver com isto, amados. Como disse a alguém no outro dia (que até é evangélico...) o religioso faz para ser (jugo) o cristão faz o que já É!lol lol lol

Precisamos rever nossos conceitos e até verificar se somos mesmo cristãos, isto é, se temos parte com Cristo pela Aliança que Ele estabeleceu. Gálatas 3 termina pela base "se sois de Cristo" - então não há jugo ao cumprir o que ele estabeleceu - ide e pregai!

Ide e mostrai-vos - não vem na minha base exclusiva de fé - a Bíblia.
Se vamos estar à espera de que alguém diga que temos uns olhos tão lindos e que gotas é que pomos para que possamos responder "as gotas de amor do meu amado salvador, Jesus.", então é melhor assumir que não temos o minimo amor pelos perdidos, a minima preparação para dar resposta pronta a qualquer instante (II Pedro), nem sequer podemos dizer que temos o Espírito que geme em nós pelos que se perdem...

Nuno Pinheiro.

By Anonymous Anónimo, at 8:17 da tarde  

Então pessoal que acharam deste art?? Comentem as bandas (InMotion e SDA), a Célia (psiquiatra) e claro está, a Bandart!

By Blogger artLisboa, at 1:44 da manhã  

Sim estive presente! E sem duvida ke S.D.A. nao sao pseudo cristaos muito bom! sinceramente muito surpreendido pela positiva! curtia-vos ver fora do mundo cristao ir cantar por esse mundo fora! abraço Pedro Silva

By Anonymous Anónimo, at 12:50 da tarde  

tive pena de nao ir este sabado mas só as 21:30 terminei com ultimo paciente em mafra. um grande abraço á banda inmotion e aos sda que de certo estiveram em grande como sempre. bem como á banda do art e a todos que fazem acontecer o projecto.

um abraço ao Nuno pinheiro ( acho que nao conheço) pelo conhecimento que tem das escrituras Biblicas.

Ser cristao e nao ter conhecimento e estudo da Biblia é como ser musico e nao saber o que é o Dó, o Ré ou um #


Daniel Ramos

By Anonymous Anónimo, at 4:44 da tarde  

Há realmente questões que nos devem levar à reflexão acerca do que é Ser, ou não Cristão.

Os Budistas, os Hinduístas, os Islamitas, o Judeus, etc. etc. não têm dúvidas acerca do que é ser ou professar as suas doutrinas porque estão bem alicerçadas em conceitos rígidos (alguns deles milenares).

É natural que um Budista pratique meditação, Judo, Aikido, ou até Kung-fu, que um Hinduísta pratique Ioga ou que um Judeu medite sobre o Ensinamento contido na Tora, mas o Mundo está a unificar-se e, hoje em dia, existem milhões de Cristãos a praticar meditação, a fazer Ioga, a praticar Judo e Aikido, e a estudar o Pentateuco (Tora).

No início, qualquer casa onde se queimasse incenso (porque queimar incenso era um acto pagão que se realizava em honra do deus Mitra e dos Imperadores), era confiscada e passava a ser bem público. Depois disso passou a queimar-se incenso nas Igrejas!!!
Os antigos deuses pagãos foram convertidos em santos! E as Igrejas encheram-se de santos.
No início os Cristãos recusavam-se a participar nas Festas Populares pagãs em honra dos deuses! 500 anos depois a Igreja adoptou todos os rituais pagãos e instituiu todas as Festas e Procissões que ainda hoje existem.

Os Cristãos eram altruístas, benevolentes, caridosos, tinham os seus Templos sempre abertos ao povo, curavam gratuitamente os enfermos, e permitiam a entrada a escravos, mendigos, mercadores e nobres. Actualmente são muitas as Igrejas que estão fechadas (só abrem nos dias de Missa) e que não permitem a entrada a qualquer um!

Na ânsia de ganhar fiéis a Igreja Cristã, ao longo de mais de 1500 anos, adulterou a sua própria doutrina e adaptou cultos, preceitos e rituais pagãos e, se hoje os Cristãos são cerca de um bilião e 900 milhões é bem verdade que o conseguiram à custa da adulteração da doutrina, renegando, em muitos casos, os próprios Evangelhos!

Se fizermos uma viagem no Tempo e se compararmos o antigo Culto de Mitra com o actual Culto Católico verificaremos que quase não existem diferenças a não ser em relação ao Deus que se adora. Tudo é semelhante, só o Deus mudou de nome!

Ora isto é francamente preocupante porque há 1600 anos atrás o Cristianismo derrubou e substituiu o Mitraísmo (Culto Mitraico). E agora é semelhante! Então o que é que mudou?

No início os Cristãos não ultrapassavam um por cento da população romana (pouco mais de um milhar) e como já o afirmei (porque está historicamente provado) só cerca de 400 anos depois da Era Cristã é que o Cristianismo ganhou visibilidade devido á sua atitude perante o kaos social que se vivia em Roma.
Nessa altura ninguém tinha dúvidas acerca do que era ou não ser Cristão! As regras estavam bem definidas. Ser Cristão não era ser Pagão. Um Cristão não frequentava os lugares Pagãos, nem tinha comportamentos Pagãos!

Ser Cristão era SER REALMENTE DIFERENTE, COMPORTAR-SE DIFERENTEMENTE, TER UM COMPORTAMENTO EXEMPLAR, cumprir o postulado nos Evangelhos e seguir o Caminho da Redenção.

SER CRISTÃO NÃO ERA MANDAR UMAS BOCAS DOUTRINÁRIAS PARA O AR, DIZER-SE DIFERENTE, MAS DEPOIS COMPORTAR-SE COMO IGUAL.

Os Cristãos estavam unidos naquilo que se denominava a FAMÍLIA CRISTÃ.

Hoje os Cristãos estão divididos em "N" Igrejas diferentes, muitos são os que frequentam lugares pagãos, têm comportamentos pagãos, pensam e agem como pagãos, mas porque se dizem Cristãos pensam que são Cristãos.

Meus amigos, temos realmente que rever nas nossas cabeças o que é ser Cristão pois se assim não for dentro em breve SER CRISTÃO é SER TUDO!
E, meus caros, SER TUDO é o mesmo que SER NADA!

Quase que dá vontade de dizer (como diz o povo):
- Cristo vem cá abaixo ver isto!

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 5:42 da tarde  

Bem, se o ART tivesse entradas pagas podíamos afirmar que tinha sido mais um SUCESSO DE BILHETEIRA.
Mas pelo facto de a entrada ser gratuita não deixou de ser um sucesso, não só porque a casa esteve realmente cheia mas porque a prestação artística e o contributo da Célia foram francamente bons.
Os Inmotion, os SDA e a Bandarte estiveram no seu melhor.
Perdoem-me por falar de uma coisa que não sei, mas os SDA, na minha opinião de leigo em Música, desta vez, ainda estiveram melhor.

Por isso força rapaziada, porque o vosso som está cada vez melhor e com mais força.
PARABÉNS SDA!
E parabéns também a todo o pessoal do ART que, cada vez mais, demonstra que são profissionais, que têm um Caminho bem traçado, e que sabem o que estão a fazer.

Quanto ao Tema, considero que foi boa ideia, e muito importante, terem convidado uma psiquiatra para o comentar. No entanto como foi abordado de forma muito técnica acabou por ser pouco participado porque o público ficou esmagado com o discurso da Célia.
Creio que ninguém teve coragem de a contradizer porque tudo o que ela afirmou estava baseado na ciência e em estudos científicos.
Da próxima vez penso que o moderador deverá gerar alguma controvérsia para iniciar o debate, e para que o público se sinta mais á vontade para participar.

Foi bom que aquela espectadora tenha percebido que apesar de não fumar, ao frequentar a noite, é uma fumadora passiva (e fuma tanto ou mais do que os fumadores)!

Foi importante também perceber que uma directa só se recupera dois dias depois e que o álcool é uma das piores drogas.

Mas a noite (que naturalmente é para dormir) também tem a sua beleza e, se querem que vos diga, no meu caso pessoal, é muitas vezes à noite que eu me sinto mais criativo e mais apto para escrever, para desenvolver projectos, ou para criar espectáculos.

Os Ritmos Biológicos não são iguais para toda a gente, e por outro lado temos uma enorme capacidade para nos adaptarmos a Ritmos diferentes. Senão coitados dos Guarda-Nocturnos, dos Padeiros, e de tantos outros profissionais que ganham a sua vida de noite e que têm que dormir de dia.

O Ser Humano ainda existe e é senhor absoluto do Planeta, sem predadores naturais, a não ser o próprio Homem, porque tem uma capacidade excepcional de adaptação ou de desenvolver processos e técnicas de adaptação.
Por isso não é decerto a noite que nos destrói, mas sim certos lugares que frequentamos e certos comportamentos de risco que não nos inibimos de ter.

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 5:48 da tarde  

Amigo e teologo Varela deixa me dizer te que tens uma leitura muito correta e fundamentada soubre o assunto disso nao ha duvida alguma. realmente os cristaos deveriam contagiar, promover a fe em Cristo e a extrutura planificadoura do Cristianismo , mas foram contagiados pelos custumes sociais que fazem culto ás aparencias , culto ao Ter e nao ao SER.

Realmente quando batemos no peito a dizer que somos cristaos e que somos melhores que os outros e que fazemos e acontecemos....sera que na realidade somos!!!

Deus nos ajude .. Deus, que renove o nosso entendimento ..Deus sonde o nosso coraçao...

aquilo que dizemos esteja de acordo com o que fazemos , sejamos pessoas de uma so palavra , sejamos humildes , verdadeiros e um espelho da Pessoa de cristo.

(estas palavras sao para mim antes de cada um de vos)

obrigado varela pelas tuas palavras .

sejamos emitadores de paulo como ele foi de Cristo....

abraço


Daniel Ramos

By Anonymous Anónimo, at 8:36 da tarde  

Uma vez mais,não há palavras para descrever o contentamento ,satisfação de cada art,pois quem está no terreno sabe que todo o esforço,dedicação,profissionalismo de TODOS que fazem que o art aconteça,transforma-se num GOZO num prazer de dar o melhor que temos,sentir cada sorriso do nosso proximo.
Quem somos nós para dizer que ser cristão é ir para a direita ou para a esquerda!!???!!
Onde fica Deus no meio das tuas convicções existenciais..
Vamos deixar de politiquices..frazes feitas..isto não é uma convenção de bispos ou pastoral,pois já estamos muito bem servidos com o Ptr.João Pedro para nos orientar ou então expôr directamente a ele a cada 4 feira ,depois do artlisboa,21h porque não?
Varela tens sido uma benção no art ...entre outros..é um privilégio termos pessoas assim no nosso meio... o nosso muito obrigado...grande equipa..todos com o mesmo propósito...

Manú Tx

By Anonymous Anónimo, at 10:45 da tarde  

gostei de vos ver a todos no sab
nuno pinheiro, ana loback, varela, mancalas, sonia oliveira enfim...um abraço a todos q nos dao força com a vossa presença

By Anonymous ruben, at 11:54 da tarde  

meus caros, tenho lido o blog queria apenas deixar um comentario rapido sobre o que tenho verificado em relação às considerações de que o que é ser cristão ou nao.

Eu acho q Não está em causa o nível de conhecimento q se tem, porque Deus apenas vê corações

"Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é Amor." - I João 4:8

quem nao concorda com isto?
fui...

By Anonymous ruben, at 12:25 da manhã  

Grande Ruben, essa é k é uma grande verdade.

Abraços

Jeremias

By Anonymous Anónimo, at 12:21 da tarde  

Olá a todos. podem me explicar o que é isso às 4Feiras depois do Art que o Manu Tx falou?

André

By Anonymous Anónimo, at 12:28 da tarde  

Concordo Ruben!

Aliás quem é que pode não concordar?

Claro que o nível de instrução, o Grau Académico ou o conhecimento especializado que tenhamos, seja do que for (inclusivamente da Bíblia) não nos aproxima mais de Deus, nem faz de nós melhores Cristãos!

Perdoa-me lá, Manú, por mais este comentário histórico-filosófico mas tu sabes que não pretendo ser Pastor nem vosso orientador. Isso nunca me passou pela cabeça porque nem vocês precisam, nem eu me sinto à altura de o ser... Eu, tal como vocês também sou um humilde "Aprendiz de Carpinteiro"...
Além do mais vocês estão muito bem servidos com o Pastor João Pedro.
Que Deus o proteja e lhe continue a dar forças para cumprir a sua Missão.

Como estudioso de Teologia Universal, nas suas vertentes histórico-filosóficas, espirituais, doutrinárias, sociais e politicas, não tenho uma visão obstinada acerca de qualquer Religião mas reconheço o papel importantíssimo que o Cristianismo teve na profunda transformação da mentalidade dos nossos Antepassados, e da Sociedade Ocidental.

Sabes que há 1600 anos, todos os Sacerdotes das outras inúmeras Religiões, que pretendiam manter Cultos Elitistas, onde só os ricos e os nobres tinham acesso afirmavam que o estatuto social e os conhecimentos dos Livros Sagrados é que definiam o bom do mau crente.

Foi exactamente por essa razão que o Culto de Mitra, e muitos outros, caíram perante o Cristianismo.
O Cristianismo era para todos, para letrados e iletrados, para pobres e para ricos e, como sabes (como toda a gente sabe), durante séculos, só uma pequena minoria sabia ler e escrever. E mais, durante séculos a Bíblia esteve escrita em Latim. E ninguém, a não ser os Sacerdotes, percebia o que lá estava escrito.
Foram milhões, muitos milhões de Cristãos iletrados que serviram fielmente a Igreja, que trabalharam, que se sacrificaram, que amaram Deus acima de todas as coisa, que seguiram o exemplo de Jesus e que, como bons Cristãos percorreram o Caminho da Redenção, apesar de não saberem ler, nem escrever, e não terem conhecimento ou qualquer estudo da Bíblia, a não ser os trechos que os Sacerdotes comentavam nas Igrejas!

Ainda hoje, no Séc. XXI, há devotos Cristãos que não sabem ler, nem escrever!E não é por isso que são menos Cristãos!

Decerto que há, e sempre houve, grandes Cristãos iletrados, porque para se ser Cristão não é preciso saber ler, nem escrever nem ter grandes conhecimentos Bíblicos.

Ser Cristão não é comparável a ser Músico, Actor ou Engenheiro para o qual é necessário ter formação especializada.

Os primeiros Cristãos eram humildes pescadores, pobres, escravos e mendigos que não sabiam ler, nem escrever.

É essa a mensagem, a "BOA NOVA" que o Cristianismo nos traz.
O Cristianismo, ao contrário das outras Religiões, diz-nos que Deus é para todos (para iletrados e para sábios) e de tal forma o Deus dos Cristãos é BOM, HUMILDE, AMA e quer estar próximo dos Homens que até envia o Seu Filho como Cordeiro para ser sacrificado.

Com o Cristianismo já não é necessário sacrificar bodes (tragos), como na Grécia, nem cordeiros (como entre os Judeus). Agora Deus envia, humildemente, o Seu próprio Filho como "bode expiatório" (como os Gregos lhe chamavam). E esta é a marca profunda que vai transformar radicalmente a mentalidade dos povos de antanho.
É o Homem (é cada Homem) que deve transportar a sua própria Cruz.
Acabaram-se os sacrifícios cruéis e inúteis de inocentes!
Cada um de nós tem de ser responsável pela sua Cruz (pelo seu fardo) e não tem o direito de (sacudindo a água do capote) sacrificar seja quem for, ou o que for, para remição dos seus pecados.

O Cristianismo é uma Religião para todos, e para se ser bom Cristão não é preciso saber ler, nem estudar a Bíblia.

Para se ser bom Cristão só é preciso amar a Deus acima de todas as coisas, aceitar a Sua Vontade e carregar humildemente a sua Cruz, tal como Jesus o fez.

Se assim não fosse, durante séculos não tinha havido bons Cristãos porque só os nobres e os Sacerdotes sabiam ler, escrever e interpretar os Escritos Sagrados.

Por isso Ruben, nem sequer é necessário (embora possamos, e até nos faça bem) ir-mos buscar exemplos à Bíblia para percebermos que Deus é Amor.

Mas é, claro que é AMOR, e o Cristianismo é uma atitude e "as palavras que procuram defini-lo, e interpretá-lo, são muitas vezes ocas como o vento" pois só nos confundem e não nos tornam melhores Cristãos.

Pronto Manú, não digo mais nada porque eu admiro muito o vosso Pastor João Pedro, ele é que é o vosso Orientador, e decerto ele terá grandes conselhos para todos vós pois sinto-o um Homem Bom e Inteligente.

Bem haja Pastor João Pedro por ter abraçado este Projecto!

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 5:12 da tarde  

Antes conhecia de ouvir falar, mas agora conheço pois vi face to face, lol lol.

Foi uma ganda curte!! Gramei, recomendo e voltarei... com pessoal.

Tenho um reparo, "é curto demais, sabe a pouco... é bom demais, que até dá vontade para ficar a noite toda."

Amei os SDA!!! Amei os meus amados que já não via há... BandArt é um must! Gramei da "filosofia" da casa. Foi refrescante.

A todos os pioneiros que se aventuram a trilhar novos caminhos e tomam novos desafios - FORÇA!!

Parabéns e obrigado pelo tempo tão gostoso que me deram e mi sposita - lembrei-me que somos familia.

Nuno Pinheiro

By Anonymous Anónimo, at 5:59 da tarde  

grande Varela,
João 3:16
Abraços

By Anonymous ruben, at 6:21 da tarde  

Bom meus amigos... este blog tá a bombar!!!

Ruben, meu querido amigo, também gostei muito de estar convosco mais uma vez... sabes que sempre que posso, podes contar comigo. Rutita - o Tito tá lindooooooo!!!! e curti mesmo muito ver-te no final com a bandarte a pôres aquela malta toda a louvar a Deus e a declarar TU ÉS BOM. Assim é que é!!!

Grande Manu... De facto, ser cristão é mais simples do que tanto do que se diz ou faz. A questão é mesmo ser ou não ser - como dizia o outro. O fazer - ou seja, os nossos comportamentos e atitudes - vem a seguir, é resultado directo daquilo que somos. A nossa identidade dita o nosso estilo de vida, ou pelo menos, é assim que é suposto ser. Se eu realmente sou Filha de Deus, naturalmente vou saber agir como tal... enfim...

Quanto a este Art, foi mais uma noite com boa música, boa disposição e, acima de tudo, bons amigos que vamos revendo.

Em relação ao debate, concordo (uma vez mais) com o Varela, foi de facto mais técnico e menos polémico do que se esperava, sendo um tema tão vasto e com tantas opiniões diferentes, como aliás se verificou aqui no blog.

De qualquer forma, as informações que foram passadas pela Dra Célia são importantes e, de certa forma foi didático, principalmente em relação aos esclarecimentos que ela deu relativamente aos perigos do consumo de substâncias aditivas e do alcóol.

Eu confesso que fiquei com vontade de dar a minha opinião mas acabei por não o fazer por causa do tempo - que já se estava a esticar muito... mas de qualquer forma, já o tinha feito aqui no blog.
Só acho que o debate - espaço de livre discussão e confronto de ideias - não chegou a acontecer.

De qualquer forma, foi bom estarmos juntos, revermos amigos...

Ah, e gostei muito dos inMotion. Grande som. Continuem

Até à próxima, beijinhoooos

Ana Loback

By Anonymous Ana Loback, at 6:59 da tarde  

Infelismente não consegui mesmo ir, snif snif snif. Para a próxima tem k ser, tenho mesmo k ir... eu k já tava com tantas saudades do art e acabei por não poder ir.misericórdia, ninguém merece.

By Anonymous Pedro "Detonator" Gomes, at 9:31 da tarde  

...n sou cristã,m andava a procurar coisas sobre Fluxux e vim aqui ter...aproveito para dizer que gostei muito do que já ouvi deste projecto e que espero em breve poder ouvi-los ao vivo...parabéns aos membros...!Estive a ler algumas coisas do vosso blog e achei interessante a criaçao deste espaço de discussão e do conceito artLisboa...independente da minha posição em relação à religião.

meu nome é susana

By Anonymous Anónimo, at 11:20 da tarde  

ja ñ vinha ao blog á algum tempo mas estou a ver que continua a ser bem movimentado.

estive a ler com atenção todos os posts e verifiquei que todos voces revelam ter uma experiencia, direi pessoal com Deus. cada um á sua maneira e como diz Sr Varela ( desculpe trata lo assim mas nao sei a sua idade e como nao conheço, prefiro manter o respeito) Deus revela se a todos , letrados ou nao , pois a mensagem de cristo é para todos e de facil compreençao para medicos ( lucas) ou para pescadores ( pedro).

A mensagem da cruz é isso mesmo , é que Deus conhece o mais intimo de todos .e diz que atravez de cristo todos podem reconciliar se com Deus.

compreendo perfeitamente o que disso : fernando, joel , Varela, Daniel Ramos , Ana l., ruben alves , nuno Pinheiro etc pois cada um de vos fala fundamentado no seu conhecimento e experiencia e se juntarem o que cada um escreveu , no fundo estao todos a dzer a mesma coisa . uns de uma forma mais teologica e fundamentada , tipo Sr Varela , Sr Daniel Ramos , nuno pinheiro .... e outros mais smples e supreficial mas nao deixam todos de ter experiencia com Cristo.

agora nao vi ninguem aqui a medir quem e mais cristao que os outros ou a afirmar que o modelo para ser cristao é este e fora disto nada mais conta.... tipo eu é que sei... por sso nao percebo o comentario do Sr Manu tx ( nao sei se é o seu nome ou nick, se é portugues ou estrangeiro) mas nao vi ninguem a querer ser vosso pastor ou seu pastor...

pois tanto o Sr varela como o Sr Daniel Ramos como o sr nuno pinheiro entre outros , que colocaram osts mais intelectuais e fundamentados acabavam com as suguntes frases: primeiro para mim e depois para vos... estou a aprender convosco...etc


penso que este blog tem dado voz a muitos e deixa de forma livre cada um expressar a sua experiencia pessoal e issoserve e ensino e de aprendizagem.


deixem me dizer que aprendi aqui muito e relembrei coisas que as x nos esquecems ....

Muito obrigado por este blog

muito obrigado ao sr varela , ao sr Daniel , ao sr nuno , , a Srª ana, ao sr joel ... em fim a todos porcompartilharem a vossa experiencia comigo...

quanto aos outros que pensao como o sr manu, deixem me dizer que ja pensei assim tb que achava que ninguem me ensinava nada, que ja sabia tudo mas na realidade nao sabia era nada!!!


obrigado pelo blog


Carlos Amaral V.Franca.Xira

By Anonymous Anónimo, at 10:29 da manhã  

Susana,
Embora a organização do ArtLisboa, seja essencialmente cristã, por aquilo que já tive a oportunidade de constatar, o Projecto está aberto a toda a gente independentemente da doutrina que se professe.
Apesar de, no Blog, se falar essencialmente de Música e de se debaterem conceitos doutrinários cristãos o Projecto (penso eu) está aberto a todos.
Se apareceres, um dia destes, num ARTLISBOA verificarás que o pessoal é todo "normal", não tens que te benzer à entrada, podes vir vestida como quiseres, trazeres o cabelo pintado da côr que quiseres, vires vestida de calças, saias ou mini-saia, podes falar do que quiseres... Em suma, o ARTLISBOA não é uma Igreja! É um Projecto artístico e cultural dirigido por malta cristã.
É só isso...

Um abraço,

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 12:08 da tarde  

e tens a mim como exemplo susana...
Vasco

By Anonymous Anónimo, at 6:01 da tarde  

Caro Carlos Amaral de V.Franca.Xira

Agradeço-lhe ter compreendido o meu ponto de vista mas devo esclarecer que não sou teólogo e SOU MUITO MENOS CRISTÃO do que a maioria dos que organizam, participam e frequentam o ArtLisboa?
Na realidade sou apenas um estudante e um apaixonado por história, arqueologia, filosofia e religião e, tal como comento, e defendo, os princípios doutrinários Cristãos, também poderei, entre budistas, hindus, judeus ou islamitas defender os princípios das suas doutrinas porque as estudei.

Em suma NÃO SOU UM CRENTE como os meus amigos do ArtLisboa.
Lembro-me até de, um dia, ter comentado com o Daniel que era incapaz de adorar um Homem, fosse ele quem fosse...
Considero puro paganismo e uma idolatria adorar Homens, Santos ou
Virgens...

Acima de mim existe Deus e abaixo de mim os animais, as plantas e a natureza... Entre nós, todos somos irmãos e filhos de um mesmo Deus!

Lamento informá-lo mas eu não tenho nenhuma experiência com Cristo!

Conhecer a história do Cristianismo, não fumar, não beber álcool, jejuar, amar a Deus acima todas as coisas, não frequentar locais de vício, ajudar o próximo ou contribuir para que um BOM PROJECTO tenha futuro, faz de mim tão Cristão, como Judeu ou Islamita...

Espero, pois, que os meus comentários tenham sido esclarecedores de que eu não sou propriamente "UM CRENTE" e que, ao considerar como válida e importante a mensagem e a atitude Cristã (que eu apoio) não faz de mim um Cristão devoto.

Quanto á afirmação de que todos dizemos a mesma coisa, olhe que não é bem assim. Se ler bem todos os comentários verificará que alguns enfermam de uma certa dialéctica jesuítica e chegam a proferir afirmações muito pouco Cristãs!

Quanto ao Manú, embora o conheça há pouco tempo, e não tenha nenhuma procuração para o defender, considero-o um fiel defensor do Projecto ArtLisboa enquanto Projecto Artístico e Doutrinário.

O Manú talvez não seja das pessoas que mais lê a Bíblia, mas trabalha muito para que o ART exista, para que mantenha o Espírito e a Doutrina, e se realize 2 vezes por mês.

E se quer que lhe diga muitas vezes comparo o Manú ao Pedro dos Evangelhos. Aquele Pedro (Pedra, Bruto) que sacou da adaga e feriu o romano para defender o seu Mestre; aquele Pedro que muitas vezes nem percebia muito bem o que o Mestre dizia; aquele Pedro que, antes do Galo cantar, até negou por 3 vezes conhecer Jesus... E no entanto foi a ele que foram entregues as Chaves do Céu.
Não nos esqueçamos que Deus escreve direito por linhas tortas (tortas para os simples mortais que não as sabem interpretar porque estão longe de Deus).
Talvez seja bom meditarmos nisto:
-É que nem todos reagem da mesma forma a situações pouco claras.

A minha posição perante o Projecto ARTLISBOA está tão bem definida, e parece-me tão clara, desde o início, que nem o Manú, nem o Ruben, nem qualquer outro elemento suspeitaria que, alguma vez, eu iria ter a veleidade de tentar usurpar o comando fosse a quem fosse. Não é esse o meu desígnio.
O meu caminho não é esse.

Por isso não me senti ofendido, nem atingido pelo que o Manú afirmou.
E pelos vistos também mais ninguém se sentiu atingido pois nem o Nuno, nem o Daniel, nem o Pedro, nem o Fernando reclamaram.
Na realidade só eu senti necessidade (não em relação ao Manú, mas para todos os que frequentam o Blog) de deixar bem claras as minhas intenções.

Quanto ao facto de o Manú "não saber nada"... Bom, provavelmente não saberá!
Mas provavelmente nenhum de nós sabe. Provavelmente somos todos uma cambada de fedelhos presumidos e pedantes que lemos e ouvimos umas coisitas e já estamos convencidos que sabemos alguma coisa.

Sócrates, há cerca de 2500 anos, em resposta aos pedantes da época dizia:
- Só sei que nada sei!

Provavelmente somos todos uns tristes de uns pedantes, orgulhosos e arrogantes, que estamos convencidos que temos a sabedoria na mão mas que quando somos confrontados com a Sabedoria Divina descobrimos que somos apenas uns vermes...

OREMOS E VIGIEMOS e cumpramos a Vontade do Altíssimo

C. Varela

By Anonymous Anónimo, at 6:54 da tarde  

Bom em relação ao comment do Manu Tx (que não conheço), realmente achei algo agressivo, pois também não fiquei com a sensação que alguém queira assumir uma posição de liderança e muito menos também substituir o Pr.João Pedro na liderança pastoral da vossa vida.O mais importante é que tenham alguém que vos pastorei. Por favor não vamos intrepertar as opiniões dos outros(mesmo que sejam diferentes das nossas) como tentativas encapuçadas de tomar o controle do que quer que seja. Expressar opiniões contrárias ás tuas, Manu Tx, não são politiquices, e frases feitas tanto são as minhas, as do Varela, do Nuno e tamném as tuas. A arrogancia, seja ela intlectual, religiosa ou de outra ordem, rouba-nos o descenimento e é desaconselhada a um blog que, a meu ver, tem dado vós a todos os que com respeito e educação expressam as mais diversas sensibilidades...e isto não é bonito Manu??? Isto não é um cocilio de bispos ou pastores, como não o é de outro grupo qualquer, como musicos ou dancarinos....são pessoas, a sua orientação profissional ou vocacional não lhes retira a possibilidade de se exprimirem...sejam benvindos bispos, pastores, musicos, grandes, pequenos, Manu, Fernando,etc....Assim é que é bom!!
Fernando Santos

By Anonymous Anónimo, at 1:51 da tarde  

Por Nilton Santa Clara

Hoje fui ao cinema para ver o filme sobre as últimas horas de Adolfo Hitler. Fique impressionado com o que vi. Não tive nenhuma simpatia pelo personagem principal. Mas o que mais me chamou a atenção foi a devoção das pessoas que o cercavam.

Os generais tinham uma devoção a personalidade de Hitler fora do comum. Fiquei pensando como pessoas podem levar um líder tão a sério a ponto de tirar a própria vida.

Hitler ordenou ao seus subordinados que não se redessem e que a rendição seria uma traição. Pensei que a fidelidade a Hitler era mediante a ameaça de fuzilamento.

Mas, quando Hitler tirou a própria vida, os oficiais executaram sua ordem póstuma. Muitos tomaram veneno e outros atiraram em suas cabeças.

Fiquei minutos depois do filme tentando entender porque alemães que tinham, talvez, a melhor ?educação? do mundo civilizado poderia praticar tal barbárie.

Pois a Alemanha é a pátria madre da filosofia e da teologia moderna. Lá é o lugar de Hegel que é o grande cérebro da filosofia de todos os tempos.
É a pátria Lutero um dos maiores pensadores da história.

Como o povo ?supra sumo? da modernidade e toda civilização poderia erigir um altar de cinqüenta milhões de pessoas assassinadas? Cinqüenta é um numero que pode indicar uma estatística. Foram cinqüenta milhões de seres humanos com nome, endereço, família, religião, sentimentos, sonhos, idéias!

Como o homem pode chegar ao mal absoluto? Onde estava Deus? Na minha alma nascia por segundos uma sensação do nada. Asco! A falta de sentido me assaltou. Num instante me senti suspenso no ar num abismo sem fundo. Tal barbárie é inominável. Logo minha alma foi assaltada por imagens de um outro filme.

Lembrei do filme Cruzada que é outra barbárie. Em nome de ?Deus? milhões foram mortos em nome de um pedaço de chão. Parei e pensei. Perguntei para mim mesmo o que tinha a ver o filme cruzada com Hitler.

De repente tudo se encaixou: religião! Esse era o elo. Tanto as Cruzadas como a Segunda Grande Guerra foram feitas em nome de ?Deus?.

Hitler tinha apoio dos protestantes e católicos alemães. É claro que muitos, a exemplo de Paul Tillich, se rebelaram e denunciaram o regime de Hitler como um ídolo.

Mas, o fato é que Hitler tinha apoio da religião cristã. ?Deus? foi invocado tanto pelos aliados, quangto pelos nazistas e fascistas. E quem vencesse teria a benção de ?Deus?. Pois parece que o "Deus da cristandade" sempre está do lado de quem vence.

Em nome de ?Deus? os povos ibéricos exterminaram quase que completamente os povos autóctones da América Latina.

Em nome de ?Deus? protestantes dizimaram os índios norte-americanos por acharem que receberam uma revelação divina que dizia que aquela terra era a "terra da promessa" e, consequentemente, os nativos ocupantes da terra eram os filisteus, os inimigos de ?Deus?.

Em nome de ?Deus? o presidente dos Estados Unidos joga bomba na cabeça de milhares de inocentes. Em nome de ?Deus? dizem que mais essa guerra é legítima. Simplesmente porque os E.U.A é protetor dos ?queridinhos de Deus?, os judeus.

E o presidente dos EUA, se deixa fotografar orando em seu gabinete. Meu sentimento é de reprovação destas atitudes e não de um antiamericanismo.

Se tudo continuar como está a cristandade tornar-se-á instrumento do anticristo. È claro que estou falando da cristandade institucional que nasceu com Constantino e que se tornou uma religião de poder.

A Igreja de Cristo é imaculada e Santa, e não está dentro da minha concepção de cristandade. Penso que a cristandade é uma religião que se adequou ao poder desde mundo.

Jesus falou que o Seu Reino não é desde mundo. A verdadeira religião é vivência e transparência do Cristo ressureto em nossas vidas. Sua lei suprema é o amor. Não há inimigos no Reino de Deus e conseqüentemente não há legitimação de nenhuma guerra. O inimigo é objeto do amor de Deus e de Sua igreja.

Foi em meio a esse sentimento "nadificante", quase que ateu, que tive uma revelação. Nasceu a esperança! Há uma passagem na Bíblia que eu não entendia: ?Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.? (Mt 24.5).

Eu ficava pensando como isso poderia acontecer? Afinal, como pessoas que temem a Deus podem ser enganadas? O texto diz que os falsos cristos agiriam em nome do Cristo. Eis a resposta! Tanto Hitler como as Cruzadas tiveram um caráter messiânico. Prometeram o reino aqui na Terra. Eram sistemas totalitários, absolutos. Apresentavam-se como realidade última, como a única voz de ?Deus?.

Não é de graça que depois da Segunda Guerra mundial o pessimismo tomou conta de tudo. O ateísmo proliferou! Sartre foi seu maior representante. Nietzche acertou em cheio a sua profecia: ?Deus está morto?, pois, o homem o matou.

Por isso que acho o ateísmo compreensível. Seus adeptos sabem que Deus, para existir, de fato, como realidade última, não pode ser o Deus da cristandade.

Esse Deus tem que realmente morrer e qualquer tentativa de ressurreição deve ser rechaçada. No filme Cruzada, os cruzados saíam da Europa e iam para a terra santa em busca de perdão de pecados.

Quando chegavam lá descobriam que, de fato, o Deus da cristandade morreu. Eram abandonados por ?Deus? e pelos suseranos da época. Pobre Nietzche! Não foi o primeiro a constatar a morte de ?Deus?. Realmente esse ?Deus? que legitima a morte de milhões é um ídolo e,como tal, tem que ser derrubado.

Agora tenho que falar da revelação que recebi. Sou membro de uma igreja histórica reformada e evangélico de nascimento. Dói no meu coração ver o caminho que o mundo evangélico está tomando.

Há um texto na Bíblia que fala que o Cristo não está onde falam que Ele está. Grandes elocubrações teológicas destes dias dizem que Cristo está na Casa Branca, nas catedrais e nos grandes templos.

Ora, desconfiemos de todos que dizem falam "em nome Deus". Não há nada mais letal para a vida da Igreja do que a ação demoníaca de homens que se reúnem - em nome de Deus - e Lhe atribuem palavras que Ele jamais proferiu. Não passam de pessoas que se reúnem em interesse próprio. Gente que deseja o reino deste mundo. Ainda bem, que o Cristo disse que Seu Reino não é deste mundo.

Desta perspectiva, Conselhos e Assembléias de membros podem ser muito perigosos. Corre-se sempre o risco de achar que tudo o que é ali decidido é pura vontade de Deus.

Acho engraçado alguns sistemas de governo da Igreja afirmarem que a fidelidade ao sistema é correlato à fidelidade a Cristo.

Somente os frutos do Espírito podem testificar aqueles que realmente falam as palavras do Espírito Santo (Ef 5.22).

Eu confesso minha fidelidade a Cristo. Ele é meu Deus e Senhor. A partir de hoje não sigo mais o "Deus-ídolo" da cristandade. Esse ídolo tem que ser derrubado. Estou mais crente do Deus revelado em Jesus. Ele não está nas ?casas brancas? e nas grandes catedrais. Ele está no deserto com o Seu povo. Está defendendo as pessoas da ira da cristandade. Está tocando nos leprosos, em cada vila, em cada beco. Pode ser visto no sorriso de cada criança.

Cristo é Deus face-a-face. É Deus que padece junto aos seus. É Deus que, encarnado, sofreu morte horrenda porque os hitleres de Sua época - ironicamente "em nome de Deus?, não suportaram a maior arma jamais inventada: o Seu amor.

By Anonymous Anónimo, at 4:57 da tarde  

Surpreendi-me ao ouvir um pregador, ao falar sobre as fraquezas que nos mantêm presos aos pecados, dizer: - Ninguém, de fato, precisa perder o sono por isso, a graça nos entende, nos perdoa e nos acolhe.

Do que será que ele está falando? Pensei. Será que ele pensa que há um ser chamado Graça? Essa graça não existe! Tem gente falando da graça como se fosse uma espécie de quarta pessoa da Trindade. E que ação é esta que ele descreve? A graça, não despreza a lei, nos dá condições de cumprir a lei.

Graça é o nome que o apóstolo Paulo dá à possibilidade que a Trindade, por causa do sacrifício de Cristo, tem de perdoar o pecador arrependido, de elevá-lo a categoria de filho, passando a habitar nele, e de transformá-lo a imagem de Jesus de Nazaré.

Deus é gracioso, mas, não faz de conta que nada aconteceu. A graça não é um colchão de amortecimento que absorve a queda, como nos filmes de Hollywood. Quando o Senhor, por sua graça, perdoa o arrependido, o admoesta: "Vá, e não peques mais". E, juntamente com a admoestação, concede-lhe a força para que não seja mais escravo do pecado.

Pela graça nós somos salvos! E salvação é libertação e transformação.

Ariovaldo Ramos

By Anonymous Anónimo, at 4:58 da tarde  

O SR.Manu Tx devia de ter um pouco mais de tempero nas suas palavras inflamadas contra os Bispos e os Pastores. Aconselho respeito para com quem, muitas vezes com sacrificio pessoal, tem dado a vida pelo evangelho e para que hoje possamos ter a liberdade de culto e de expressão, onde pessoas como o Sr.Manu Tx podem dizer essas "barbaridades"
António de Sousa
Pastor Evangélico

By Anonymous Anónimo, at 6:46 da tarde  

Bem.. Tanta gente com tanto a dizer e tão poucos a darem-me sugestões na aparência do blog!
Sei que este blog é um espaço comum a todos, sejamos cristãos, budistas, ateus ou de qualquer outra vertente. Saibamos respeitar-nos um aos outros que, até é uma das mensagens que o artLisboa tenta transmitir! Queremos que o artLisboa, tal como este blog, sejam espaços abertos à diferença!
Obrigado por todos os que fazem deste espaço um bom "spot" na net! :)
Joel.

By Blogger artLisboa, at 8:04 da tarde  

Caro Sr. Pastor António de Sousa. ReSPEITO E ADMIRO TRABALHO ARDUO QUE OS pASTORES TÊM FEITO EM PROL DO EVANGELHO EM PORTUGAL, MUITAS VEZES COM CONDIÇÕES ADVERSAS. nO ENTANTO PERMITA-ME DISCORDAR DO PASTOR, QUANDO DIZ QUE O MANU MANIFESTOU DESRESPEITO.NÃO SOU SEU ADVOGADO(NEM O CONHEÇO) MAS NÃO ACHO QUE TENHA EXISTIDO DESRESPEITO, MAS SIM IGNORANCIA DA IMPORTANCIA DO VOSSO PAPEL NA CONSTRUÇÃO DO REINO DE DEUS. COMPREENDO A SUA INDIGNAÇÃO, MAS ENTENDA QUE NEM TODOS TÊM O MESMO CPNHECIMENTO DA REALIDADE O QUE MESMO ASSIM NÃO LHES VEDA O DIREITO A OPINAR, MESMO MANIFESTANDO IGNORANIA.É BOM TER UM PASTOR A PARTICIPAR NO BLOG...DA MINHA PARTE SINTO-ME MUITO HONRADO.
FERNANDO SANTOS

By Anonymous Anónimo, at 8:10 da tarde  

Olá Fernando... Alguma razão para as maiúsculas?
Pessoal... Tudo começou com o tema Noite e eu entendo e acho saudável a nossa conversa estender-se para muitos lados mas acho que não é necessário começar a "atacar" e ripostar uns contra os outros... Sinceramente não estou com muita vontade de permitir muitos mais posts acerca disto.. Se não estamos a edificar acho q não vale a pena estar aqui no blog..

By Blogger artLisboa, at 8:26 da tarde  

As maiusculas foram apenas esquecimento.quando me apercebi já não me apeteceu apagar e escrever outra vez.Fernando

By Anonymous Anónimo, at 8:36 da tarde  

Sou Cristão, a Bíblia é o meu livro de cabeceira, mas tb estou no 2º ano de psicologia e, depois de ter lido e analisado atentamente as intervenções do blog cheguei a uma conclusão:
- Há necessariamente aqui algo k não está claro. Algo k, como futuro psicólogo, não consigo entender mas pressinto.
Parece-me k se gerou uma tempestade num copo de água e eu não consigo descobrir onde está a gota de água, k gerou tamanha tempestade.
Essa gota de água está decerto oculta. Assiste-se a um debate de ideias e de forças cujo epicentro não está visível. Pelo menos para mim não está. E parece-me k também não é perceptível para alguns dos intervenientes, uma vez k, pelos comentários se percebe k se anda em círculos! Há acusações, há defesas, mas ninguém deixou claro a k se refere. Pressente-se um JOGO de PODER. De ataques velados e de um ataque directo mas k não se percebe bem qual é o alvo.
Parece haver uma tentativa muito velada de impor algum comando, alguma direcção, não em um mas em mais do k um dos comentários, e tb me parece, Deus me perdoe se estou a errar, k alguns comentários são proferidos por uma unica pessoa mas com nomes diferentes. Um autentico jogo de gato e de rato k só alguns entendem.
E se isso é verdade (como me parece) é francamente estranho pois implica uma certa cobardia de quem o faz e revela tb má-fé ou algum problema do foro mental
Não conheço nenhum de vós por isso estou á vontade mas k existe uma animosidade interna velada, k só alguns conhecem, isso estou certo k existe. Os comentários são bem explícitos e não enganam.
Por outro lado aparecem comentários desgarrados muito empolados k parece terem um significado oculto inserido na tal guerrilha interna k só uns conhecem.
Meus amigos, tal como um dia direi aos meus pacientes, deitem cá para fora os vossos problemas.
E quem melhor k o Sr. Manu para esclarecer a razão pq pronunciou aquele comentário?
Ou será k não é para esclarecer e é para ficar assim. Quem sabe, sabe, e quem não sabe fica sem perceber.
Por muito impulsivo k fosse não é normal, nem lógico k de repente o sr. Manu tivesse aquela atitude. Por isso deve haver uma razão encoberta para k tenha dito o k disse e da forma como o disse.
Porque não esclarecer a situação?
Eventualmente todos ganhariam com isso e acabavam-se os comentários desagradáveis.
Mário Frazão

By Anonymous Anónimo, at 11:17 da tarde  

Pois então esclareço sobre o meu comentário,quando falo que parece uma convenção de bispos ou pastores,refiro que á pessoas neste blog que tentam passar pelo mesmo,querendo dar direcções,posições.
Levantando questões para destabilizar,confundir outras..certamente muitas delas são personagens,pois já oferecemo-nos para falar com elas directamente,tentar esclarecer alguma duvida,mas sem efeito.
E temos um Pastor que está á frente do ministério para isso mesmo,nos dirigir e ministrar,de maneira alguma critico a entidade pastoral,pois tem um papel fundamental na igreja e mesmo na minha vida pessoal,pois para além do pastor do art,também estou debaixo da liderança da minha igreja local.
Pesso desculpa a todos se vos ofendi de alguma maneira,só que por vezes não é facil digerir alguns tipos de comentários,mas terei mais cuidado.

Manú Tx

By Anonymous Anónimo, at 1:01 da manhã  

Post a comment

<< Home